Pular para o conteúdo principal

Zoológico de São Paulo é alegria e lazer para adultos e crianças

Fernanda Santiago Valente

Se você ainda não tem opção para passear com os filhos no final de semana, a  minha sugestão é o Zoológico de São Paulo. Todas as crianças gostam. E se você tem filhos menores de três anos, o passeio será perfeito, pois essa idade é a que as crianças visualizam e decoram tudo o que veem pela frente. São curiosas e ficarão encantadas com a variedade de bichos, inclusive alguns que estão em extinção. 




Para quem gosta de aventura, o Zoo Safari é uma excelente opção. Na entrada são vendidas rações para as crianças alimentarem os bichos de dentro da Van (serviço que o zoológico dispõe aos visitantes) ou com o automóvel próprio. Só devem tomar cuidado com os macacos, que adoram roubar objetos. 



Outra atração paralela dentro do Zoológico é o Mundo dos Dinossauros, exposição que o meu filho ficou encantado. São mais de 20 répteis robotizados e de tamanhos reais. Realmente o visitante se sente dentro de uma selva de gigantes, que viviam há 65 milhões de anos. 


Para aproveitar bem o Parque é bom chegar cedo para garantir vaga no estacionamento e aproveitar todo o passeio. As atividades paralelas como o Zoo Safari e Mundo dos Dinossauros tem ingressos vendidos separadamente. A bilheteria fecha às 15 horas e o parque funciona até às 17 horas. 
São 900 mil metros quadrado de área. Foi impossível conhecer todo o Parque, por isso, pretendo voltar mais vezes. A dica é que aproveite bem. Outra coisa interessante é que dentro do parque tem área para fazer piquenique. Então, aproveite e leve uma cesta de lanchinhos e uma toalha para estender em meio à natureza. 

Endereço: Avenida Miguel Estéfano, 4241 - Água Funda - Zona Sul (Metrô Jabaquara). 
Tel: (11) 5073-0811
Saiba mais:



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Acredite!

Por Fernanda Santiago


Está sem motivação? Perdeu a direção? Não ousa mais sonhar? Pare, respire e viva. Cerque-se de pessoas alegres, essas tem o poder de influenciar nossas vidas de uma maneira extraordinária. O mundo está muito carente de alegria. Por isso, comece por você. Mude os velhos hábitos. Pare de reclamar! Ouse! Hoje, acorde cedo, faça uma caminhada, converse com alguém que nunca viu, distribua sorrisos. Enfim, comunique-se de uma maneira especial, sendo você mesmo. Não rejeite as pessoas. Encontre em cada olhar algo lindo de se ver. Não sinta medo de conhecer alguém. Cada pessoa é única e possui histórias maravilhosas para serrem contadas e ouvidas. Eu gosto muito de conversar com os idosos, são pessoas carentes, que viveram muito e o que eles tem a oferecer são suas histórias de vidas. Hoje não é como ontem e o amanhã não será como hoje. As pessoas mudam. O tempo corre. Mas não deixe que o tempo o controle. Viva e pronto! Trabalhe com paixão mesmo que o seu emprego não seja o…

ORAÇÃO PELA PÁTRIA

Por Luiz Augusto da Silva
Querido povo brasileiro, só mesmo a oração e a bondade  divinal poderá  moralizar a crise política nacional e dar ao Brasil proteção total! Oremos: Senhor faça o gigante pela  própria natureza,  adormecido em berço esplêndido,  despertar deste atual pesadelo.  Ilumina aos nossos  representantes  para que tenham pela  nossa nação  mais respeito e maior zelo.  Façamos à Deus nosso apelo para sairmos   deste cruel desmantelo. Senhor, livrai-nos do homem corruptor  e das garras do leão devorador.  Faça o povo brasileiro ordeiro  e livre do jugo estrangeiro . Amém!
Uma reflexão para o atual momento!

TDAH: uma forma diferente de ver o mundo

Fernanda Santiago
O TDAH é um transtorno que inclui dificuldade de atenção, hiperatividade e impulsividade. Em geral, os sintomas começam na infância e podem persistir na vida adulta. Por ser um transtorno com característica genética, não tem cura. Porém, antes de rotular qualquer TDAH são pessoas que possuem inteligência e habilidades como as outras.  Achei este vídeo abaixo muito interessante. É muito difícil impor um padrão para o TDAH. Para os educares, seria muito bom prestar atenção na maneira que eles tentam se comunicar. O menininho do vídeo mostra grande interesse pela música. Será que os pais e os educadores estão preparados para perceber as habilidades e o interesse dessas crianças? Vale a pena conferir! Além disso, também há tratamentos através de medicamentos e da psicoterapia.