Pular para o conteúdo principal

Encontre o herói que existe dentro de você!

Quando contemplo os teus céus, obra dos teus dedos, e a lua e as estrelas que estabeleceste, que é o homem, que dele te lembres E o filho do homem, que o visites?
Fizeste-o, no entanto, por um pouco, menor do que Deus e de glória e de honra o coroaste. (Salmos 8. 3-5)
Você sabia que quando estamos mirados em Deus somos apenas um pouquinho menor que ELE? Inacreditável isso? Mas é verdade. Sua vida tem um propósito. Fomos criados a imagem e semelhança de Deus, mas para entendermos isso, temos que nos adaptar ao caráter de Deus e, construir a nossa identidade.
Todos nós possuímos um potencial, um talento admirável que seja incomum aos olhos dos outros. É exatamente essa diferença que nos torna especiais. Somos os heróis da nossa própria história e Deus nos fez para sermos heróis nesse mundo. E como?
Não é uma religião que o tornará herói, mas sim o que você é, o que escolheu ser, o que fez ou vai fazer. Estenda as suas mãos, faça algo por alguém, mesmo que erre. Não busque recompensas ao ajudar. Isso é um ato de amor, uma doação.
Muitas vezes já fui barrada pelos outros por ajudar demais e não receber nada em troca. Mas não me arrependo nenhum pouco em ter ajudado, pois sempre recebo de outra maneira. Deus conhece as nossas ações e as verdadeiras intenções. Heróis sofrem e não desistem. Heróis lutam por uma causa. Qual é a sua causa?
Se você não sabe qual é a sua causa, encontre-a em seu talento, e por que não talentos? Doe um pouco do seu tempo a alguém. Veja que tipo de herói você poderá vir a ser. Às vezes você é bom de ouvidos, outras, em execução de tarefas, e até mesmo alguém que prefere ajudar financeiramente. Tudo isso nos torna heróis por uma causa.
Existem também muitas outras formas de fazer a diferença neste mundo: visitar creches, asilos e hospitais, ensinar algo que você saiba fazer às crianças carentes ou para alguém que você conhece e que não tem condições de estudar, e assim por diante...
Somos heróis quando doamos atenção, sorrisos, beijos, abraços...
Quando dizemos Bom dia, com licença, me perdoe, obrigado, você é especial, estou com você, tenha um excelente dia, Deus te abençoe!
Mesmo que erre, brilhe neste mundo sendo um herói. Lembre-se que Deus só é um pouquinho maior que você, para que entenda que ELE te capacita a fazer as boas obras.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enfeites de Natal em potes, vasos e garrafas de vidro

Pra quem ama artesanato e enfeitar a casa para o Natal, a hora é agora. Deixo abaixo algumas dicas para fazer com taças, garrafas, potes e vasos de vidro: 


















TDAH: uma forma diferente de ver o mundo

Fernanda Santiago
O TDAH é um transtorno que inclui dificuldade de atenção, hiperatividade e impulsividade. Em geral, os sintomas começam na infância e podem persistir na vida adulta. Por ser um transtorno com característica genética, não tem cura. Porém, antes de rotular qualquer TDAH são pessoas que possuem inteligência e habilidades como as outras.  Achei este vídeo abaixo muito interessante. É muito difícil impor um padrão para o TDAH. Para os educares, seria muito bom prestar atenção na maneira que eles tentam se comunicar. O menininho do vídeo mostra grande interesse pela música. Será que os pais e os educadores estão preparados para perceber as habilidades e o interesse dessas crianças? Vale a pena conferir! Além disso, também há tratamentos através de medicamentos e da psicoterapia. 

Atypical, o que você precisa saber sobre o autismo

Fernanda Santiago Valente Você quer saber um pouco mais como é a vida de um garoto com o transtorno do espectro autista que está entrando na vida adulta? Para isso vale a pena assistir a série Atypical que está na Netflix desde o começo do mês de agosto. Não tem como não se apaixonar pelo personagem Sam, que está na fase de descobertas e quer arranjar uma namorada. É nessa busca pela paixão que se desenrola a história. Vamos entender como funciona a sua personalidade e como a situação afeta aqueles que estão ao seu redor. Algo muito interessante a se observar é a relação dele com a psicóloga. Sam se apaixona por ela. Isso é muito comum acontecer com paciente e profissional de sexos opostos, geralmente os pacientes que tem algum tipo de transtorno sempre se apaixonam por seus psicólogos.


Sam, apresentando os sintomas mais nítidos do espectro autista é um adolescente que tem sentimentos como qualquer outro. A única diferença é que seus sentimentos não são interpretados de forma comum. O ro…