Pular para o conteúdo principal

Não gaste o seu tempo de qualquer jeito

Por Fernanda Valente

Penso que o nosso tempo seja dividido em dois momentos: aqueles que nos alegram e aqueles que nos deprimem. Um exemplo? Às vezes gastamos o nosso tempo com coisas que não nos satisfaz, pode ser um emprego, uma atividade ou a companhia de alguma pessoa desagradável. Nesses períodos parece que o tempo não tem fim. Olhamos para o relógio impacientemente meditando: passa hora, passa hora...
Em compensação, outros momentos em nossas vidas são mágicos, maravilhosos. São aqueles momentos que nos satisfaz: a companhia agradável de alguém, aquela festa esperada, a família reunida, a viagem perfeita... esses momentos passam como um furacão. E depois, nos vemos novamente desinteressados e desanimados.
Ralph Waldo Emerson, famoso escritor, ex-pastor e filósofo transcendental diz o seguinte: “Cuide muito bem do seu tempo livre. Esses momentos são como diamantes não lapidados. Despreze-os, e seu valor nunca será conhecido. Melhore-os, e eles se tornarão as mais brilhantes jóias de uma vida inútil”
Nossa vida realmente é muito inútil, trabalhamos, corremos de um lado para o outro, pagamos contas, aturamos chefes medíocres ou autoritários, ganhamos pouco, sustentamos a família e nos dias de hoje não sobra um tempinho sequer para o lazer, ou prazer. Confesso que se não separamos um tempo para isso, nossa vida estará apenas passando...
Não precisamos ter todo o dinheiro do mundo para desfrutarmos os momentos alegres: basta separar um tempo só para você: a leitura de um livro ou até mesmo das Escrituras, tomar um café com um amigo que gosta muito, assistir a um filme comendo pipoca e tomado guaraná com alguns amigos, no DVD mesmo, caminhar num jardim... sinto que esses momentos alimentam a alma, são os momentos que sinto a minha vida em conexão com Deus, pois estou desfrutando daquilo que dá mais prazer: viver.
Não quero dizer que o trabalho seja algo inútil, pois não é. Todo mundo tem que trabalhar nessa vida. O problema é que atualmente as pessoas andam mais focadas em seus trabalhos, desempenho profissional do que na qualidade de vida. É muito bom ser um profissional reconhecido, mas é importante também ser uma pessoa saudável.
Nossa vida tem que ser uma vida sem arrependimentos. Como assim sem arrependimentos? É você olhar para o seu interior e perceber que não gastou o seu tempo com inutilidades.
Assistir TV é muito bom, mas que você não fique focado apenas nela, Internet é bom, mas que você não fique apenas focado no Facebook e outrosSITES DE RELACIONAMENTOS. A mania agora são os jogos na Internet, vejo meus amigos jogando sem parar. É isso o que fazem em seu tempo livre, ou até mesmo nos momentos em que estão no trabalho.
O que tem atrapalhado o seu tempo? Em seu trabalho, por exemplo, ao invés de executar o que seus líderes ordenam você deixa para daqui a pouco por que está Whatszap conversando com um colega? Ou então está lá no Facebook jogando Criminal Case. Ainda bem, que nunca joguei isso, mas, noto quando entro no meu que a maioria das pessoas jogam isso. É realmente importante jogar isso? Não seria melhor telefonar para um amigo e dizer: vamos dar uma volta? Vamos conversar?
Na própria Bíblia o Apóstolo Paulo cita um verso para a igreja de Coríntios, que está e,2 CO 6.1: “E nós na qualidade de cooperadores com ele, também vos exortamos a que não recebais em vão a graça de Deus”
Paulo quer dizer: Não desperdice o seu tempo porque ele é a sua vida. Para usarmos o nosso tempo de modo que deixemos uma marca duradoura aqui, precisamos passar pelo teste da eficiência. Isso quer dizer, saber usufruir de tudo o que Deus colocou em nossas mãos.
Richard Koch cita em seu livro O princípio 80/20 que 20 % do que você faz produz a maior parte dos resultados em sua vida, 80% do que você faz é, na maioria, tempo desperdiçado.
Um tempo equilibrado não é correr apressado de um lado para o outro e também não é ficar o tempo todo relaxado. É saber dividir. É fazer o que tem que ser realmente feito no trabalho, sair cedo de lá e aproveitar o resto da noite, já que a maioria de nós, trabalhamos o dia todo. Vamos sentar a mesa com a família, praticar exercícios, ler um bom livro, ficar sozinho por um tempo, pois são nesses momentos que podemos descansar, sentir a tranqüilidade e adorar a Deus e o mais maravilhoso, ouvir a voz de Deus.
Que possamos alcançar resultados para o nosso bem estar. Que não sejamos mais escravos do nosso tempo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Terminou a folia!

Terminou a folia;  não tirei a fantasia;  só transmito alegria; nada de melancolia. Sou Palhaço! Meus nervos são de aço. com meus versos,  meus sentimentos disfarço.  Sou Palhaço! Com nariz avermelhado; sapato pontiagudo; roupa colorida: No picadeiro,  a platéia alegro;  não iludo - convenço. Assim, conduzo a vida sem perder o compasso... Sou Palhaço! Sou Palhaço! 
13/02/2018 Luiz Augusto da Silva Olimpia - São Paulo

Os benefícios da caminhada

Fernanda Santiago
Existem inúmeras atividades físicas, mas a caminhada tem a menor taxa de abandono de todos eles. É simples e a mudança positiva que você pode fazer para efetivamente melhorar sua saúde cardíaca. Praticar a caminhada por pelo menos 30 minutos por dia pode ajudá-lo: Reduzir o risco de doença cardíaca coronáriaMelhorar a pressão arterial e os níveis de açúcar no sangueMelhorar o perfil lipídico no sangueManter o peso corporal e diminuir o risco de obesidadeMelhorar o bem estar mentalReduzir o risco de osteoporoseReduzir o risco de câncer de mama e de cólonReduzir o risco de não insulino-dependente (tipo 2) diabetes

São muitos benefícios para uma atividade tão simples. Se você mora perto da praia, melhor ainda. Se não tem uma praia próxima, procure um parque.  Caminhe, respire fundo e aprecie tudo ao redor. O corpo agradece!

A tradicional sopa de cebola francesa

Fernanda Santiago Valente Quem é que não gosta de uma sopa no tempo frio? Aqui no Brasil, muitos recomendam a sopa de cebola para quem está com dor de garganta ou gripado. Eu vou além. Amo todos os tipos de cremes e sopas, mas a de cebola tem um sabor especial. A sopa tradicional da cozinha parisiense merece toda a atenção.Algumas lendas da França afirmam que a sopa de cebola foi inventada por Louis XV, quando passavam por uma crise. Ele só tinha cebolas, manteiga e champanhe como alimentos, assim como toda a população de baixa renda. A receita ganhou novos temperos ao decorrer dos anos e conseguiu conquistar todo o mundo, principalmente nós brasileiros, pois amamos nos deliciar com uma sopinha nos períodos frios, não é mesmo? Ainda nas tradições parisienses, a sopa serve para alimentar também as emoções do dia do tão sonhado casamento. Eles tem o hábito de consumir a sopa após a festa. Isso se repete também em grandes eventos. Se por acaso acordarem de ressaca, também consomem a sopa,…