Pular para o conteúdo principal

Não gaste o seu tempo de qualquer jeito

Por Fernanda Valente

Penso que o nosso tempo seja dividido em dois momentos: aqueles que nos alegram e aqueles que nos deprimem. Um exemplo? Às vezes gastamos o nosso tempo com coisas que não nos satisfaz, pode ser um emprego, uma atividade ou a companhia de alguma pessoa desagradável. Nesses períodos parece que o tempo não tem fim. Olhamos para o relógio impacientemente meditando: passa hora, passa hora...
Em compensação, outros momentos em nossas vidas são mágicos, maravilhosos. São aqueles momentos que nos satisfaz: a companhia agradável de alguém, aquela festa esperada, a família reunida, a viagem perfeita... esses momentos passam como um furacão. E depois, nos vemos novamente desinteressados e desanimados.
Ralph Waldo Emerson, famoso escritor, ex-pastor e filósofo transcendental diz o seguinte: “Cuide muito bem do seu tempo livre. Esses momentos são como diamantes não lapidados. Despreze-os, e seu valor nunca será conhecido. Melhore-os, e eles se tornarão as mais brilhantes jóias de uma vida inútil”
Nossa vida realmente é muito inútil, trabalhamos, corremos de um lado para o outro, pagamos contas, aturamos chefes medíocres ou autoritários, ganhamos pouco, sustentamos a família e nos dias de hoje não sobra um tempinho sequer para o lazer, ou prazer. Confesso que se não separamos um tempo para isso, nossa vida estará apenas passando...
Não precisamos ter todo o dinheiro do mundo para desfrutarmos os momentos alegres: basta separar um tempo só para você: a leitura de um livro ou até mesmo das Escrituras, tomar um café com um amigo que gosta muito, assistir a um filme comendo pipoca e tomado guaraná com alguns amigos, no DVD mesmo, caminhar num jardim... sinto que esses momentos alimentam a alma, são os momentos que sinto a minha vida em conexão com Deus, pois estou desfrutando daquilo que dá mais prazer: viver.
Não quero dizer que o trabalho seja algo inútil, pois não é. Todo mundo tem que trabalhar nessa vida. O problema é que atualmente as pessoas andam mais focadas em seus trabalhos, desempenho profissional do que na qualidade de vida. É muito bom ser um profissional reconhecido, mas é importante também ser uma pessoa saudável.
Nossa vida tem que ser uma vida sem arrependimentos. Como assim sem arrependimentos? É você olhar para o seu interior e perceber que não gastou o seu tempo com inutilidades.
Assistir TV é muito bom, mas que você não fique focado apenas nela, Internet é bom, mas que você não fique apenas focado no Facebook e outrosSITES DE RELACIONAMENTOS. A mania agora são os jogos na Internet, vejo meus amigos jogando sem parar. É isso o que fazem em seu tempo livre, ou até mesmo nos momentos em que estão no trabalho.
O que tem atrapalhado o seu tempo? Em seu trabalho, por exemplo, ao invés de executar o que seus líderes ordenam você deixa para daqui a pouco por que está Whatszap conversando com um colega? Ou então está lá no Facebook jogando Criminal Case. Ainda bem, que nunca joguei isso, mas, noto quando entro no meu que a maioria das pessoas jogam isso. É realmente importante jogar isso? Não seria melhor telefonar para um amigo e dizer: vamos dar uma volta? Vamos conversar?
Na própria Bíblia o Apóstolo Paulo cita um verso para a igreja de Coríntios, que está e,2 CO 6.1: “E nós na qualidade de cooperadores com ele, também vos exortamos a que não recebais em vão a graça de Deus”
Paulo quer dizer: Não desperdice o seu tempo porque ele é a sua vida. Para usarmos o nosso tempo de modo que deixemos uma marca duradoura aqui, precisamos passar pelo teste da eficiência. Isso quer dizer, saber usufruir de tudo o que Deus colocou em nossas mãos.
Richard Koch cita em seu livro O princípio 80/20 que 20 % do que você faz produz a maior parte dos resultados em sua vida, 80% do que você faz é, na maioria, tempo desperdiçado.
Um tempo equilibrado não é correr apressado de um lado para o outro e também não é ficar o tempo todo relaxado. É saber dividir. É fazer o que tem que ser realmente feito no trabalho, sair cedo de lá e aproveitar o resto da noite, já que a maioria de nós, trabalhamos o dia todo. Vamos sentar a mesa com a família, praticar exercícios, ler um bom livro, ficar sozinho por um tempo, pois são nesses momentos que podemos descansar, sentir a tranqüilidade e adorar a Deus e o mais maravilhoso, ouvir a voz de Deus.
Que possamos alcançar resultados para o nosso bem estar. Que não sejamos mais escravos do nosso tempo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enfeites de Natal em potes, vasos e garrafas de vidro

Pra quem ama artesanato e enfeitar a casa para o Natal, a hora é agora. Deixo abaixo algumas dicas para fazer com taças, garrafas, potes e vasos de vidro: 


















TDAH: uma forma diferente de ver o mundo

Fernanda Santiago
O TDAH é um transtorno que inclui dificuldade de atenção, hiperatividade e impulsividade. Em geral, os sintomas começam na infância e podem persistir na vida adulta. Por ser um transtorno com característica genética, não tem cura. Porém, antes de rotular qualquer TDAH são pessoas que possuem inteligência e habilidades como as outras.  Achei este vídeo abaixo muito interessante. É muito difícil impor um padrão para o TDAH. Para os educares, seria muito bom prestar atenção na maneira que eles tentam se comunicar. O menininho do vídeo mostra grande interesse pela música. Será que os pais e os educadores estão preparados para perceber as habilidades e o interesse dessas crianças? Vale a pena conferir! Além disso, também há tratamentos através de medicamentos e da psicoterapia. 

Atypical, o que você precisa saber sobre o autismo

Fernanda Santiago Valente Você quer saber um pouco mais como é a vida de um garoto com o transtorno do espectro autista que está entrando na vida adulta? Para isso vale a pena assistir a série Atypical que está na Netflix desde o começo do mês de agosto. Não tem como não se apaixonar pelo personagem Sam, que está na fase de descobertas e quer arranjar uma namorada. É nessa busca pela paixão que se desenrola a história. Vamos entender como funciona a sua personalidade e como a situação afeta aqueles que estão ao seu redor. Algo muito interessante a se observar é a relação dele com a psicóloga. Sam se apaixona por ela. Isso é muito comum acontecer com paciente e profissional de sexos opostos, geralmente os pacientes que tem algum tipo de transtorno sempre se apaixonam por seus psicólogos.


Sam, apresentando os sintomas mais nítidos do espectro autista é um adolescente que tem sentimentos como qualquer outro. A única diferença é que seus sentimentos não são interpretados de forma comum. O ro…