Pular para o conteúdo principal

Programações em Santos para o final de semana

Separei aqui algumas programações culturais para quem quer aproveitar o final de semana. O Sesc/Santos está repleto de atividades gratuitas. Acontece até o dia 28/06, o XIX FESCETE - Investigação de estéticas e integração de linguagens (dança, música, arte audiovisual, teatro, artes plásticas, etc). Entre essas, também tem outras atividades interessantes para crianças, jovens e idosos. 

Hoje:

Teatro

 Aquelas Coisas COM TEATRO DE RETALHOS (PE)

Descobertas, relações com o trabalho, morte e renascimento são temas que permeiam o espetáculo, que aborda de maneira lúdica as experiências humanas. Em quadros, três palhaços jogam com elementos e situações cotidianas e o resultado disso vai do cômico ao poético, ao explorar as nossas relações, seja consigo mesmo, com o outro ou com os objetos.


Sábado - 27/06

Musicando:

Para crianças e jovens a partir de 09 anos, com objetivo de desenvolver a musicalidade por meio de atividades lúdicas, propondo jogos, brincadeiras e montagem de grupos musicais utilizando Instrumental Orff (metalofones e xilofones), pequena percussão, e flauta-doce. Sala 42. 11H ÀS 12H

Oficina para as crianças:

É Hora de Fazer Arte 


Oficinas de arte para crianças Arte na mata São apresentadas às plantas nativas disponíveis nos arredores do Sesc Santos e através de bunners, além de curta conversa sobre a importância da mata preservada em relação a água para o ser humano, bem como o controle de temperatura do clima, lençóis freáticos e diversidade e qualidade de vida da fauna marinha. Em seguida irão confeccionar placas de papelão (reciclado), utilizando resíduos das árvores locais, folhas secas, sementes, gravetos vivenciado as possibilidades de uma arte sustentável. Para crianças de 07 a 12 anos. ::
Oficina Granito

27/06 A 28/06 SAB, DOM  -  15H ÀS 17H 


 Reclame uma história de amor 


A proposta baseia-se em uma trama de ficção com base em acontecimentos históricos reais dos últimos 60 anos, contados através de um triangulo amoroso. Será retratado o impacto dos meios de comunicação na vida dos brasileiros. O espetáculo propõe uma retrospectiva histórica e cultural por meio dos “jingles” e comerciais de cada época. Auditório

 17H ÀS 19H


TEATRO Cidade Desterrada COM GRUPO POMBAS URBANAS (SP)


Texto de criação coletiva que retrata a história do bairro Cidade Tiradentes, fundamentando-se nos personagens, no ser humano protagonista das histórias e relações sociais que transcorrem pelo tempo no território da comunidade. Caminhos e trajetos que nos transportam entre passado, presente e futuro. Assim, as cenas apresentam uma nova e velha realidade, que no lugar de embrutecer, podem anunciar um tempo mais humano e libertário. Cidade Tiradentes é lugar de luta, resistência e fé. 

 Domingo 

Praças de Comer SEMEANDO HORTAS URBANAS EM SANTOS 


Curso mensal, com conteúdos teóricos e práticos, que tem como objetivo inspirar e assessorar o surgimento de hortas urbanas comunitárias pela cidade, dando aos participantes ferramentas para que consigam tanto iniciar uma horta em uma área escolhida quanto mobilizar os moradores do entorno para a ideia. Conteúdos de junho: plantio e espécies de plantas.  14H ÀS 16H

Fotos: Divulgação

Confira mais programações e aproveite: 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ninguém pode limitar os seus sonhos

Por Fernanda Valente


E se uma garotinha surda decidir ser bailarina? Quem impedirá? Estamos aqui para incluir e transformar. Isso é o que você poderá conferir ao assistir o curta-metragem de animação Tamara, produzida e criada por House Boat Animation. O filme é muito interessante para passar em sala de aulas para explicar a diversidade às crianças. Está disponível na Internet e serve como ferramenta para promover valores como respeito e empatia. Tamara é uma garotinha surda que quer ser bailarina. Qual é a barreira que os professores e os alunos podem tirar disso?

Fernanda Valente - Jornalista com especialização em Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Estudou teatro, fazendo parte do Grupo GEXTUS (Grupo Experimental de Teatro da UniSantos). É Instrutora da Libras (Língua Brasileira de Sinais). Ministrou aulas de design gráfico para surdos. Trabalhou como produtora e repórter em alguns programas de TV regionais. Hoje se dedica a trabalhos de comunicação digital e ao …

Dois filmes sobre deficiência física para assistir no dia dos namorados

Por Fernanda Valente
Trago hoje dois filmes para reflexão. Como eu era antes de você é um filme que mexe com as nossas emoções. Porém, foge de toda a ideia que tratamos sobre a inclusão. Penso que o personagem na história, Will, que é tetraplégico joga fora tudo o que estamos vendo como evolução nos dias de hoje. A deficiência física é tratada como um caos, como algo sem solução, sem esperança, sem fé... É jogar fora todo o amor de Louisa. Veja o filme e entenda a minha frustração.



Já o filme Ferrugem e Osso, que também trata de um romance mostra uma construção rica e verdadeira de uma pessoa que adquire a deficiência física após um acidente. Vai mostrar a depressão, a adaptação, aceitação e novas possibilidades de vida. Não acabou. Há possibilidades. Há vida!



Feliz dia dos Namorados! Deixo abaixo uma linda poesia pessoal do meu amigo poeta Luiz Augusto que fala sobre construção familiar. 

O Cravo e a Rosa

Ainda um jovem cravo Uma rosa encontrei Com pétalas aveludadas Por ela me encantei
No j…

Estações do Ano

Nos vastos campos verdejantes Desabrocham flores silvestres Que com variadas tonalidades Dão vida!À linda paisagem agreste.
É tempo da primavera... Colorida estação... Que enfeita a natureza À espera do verão:
Espetáculo tropical Que ocorre cada ano Para que no ato final Caiam as folhas no outono.
Este ciclo "vicioso" O inverno encerrará Para que lindas flores Voltem aos jardins enfeitar!
Autor:Luiz Augusto da Silva Olímpia- São Paulo- Brasil Data:20/03/2011
Afinal, porque as folhas caem... Sabem?
Um abraço fraterno à espera do inverno...