Pular para o conteúdo principal

Salmão e vinho: receitas chilenas para aquecer o inverno

Que tal dar uma inovada nas receitas utilizando o salmão para aquecer esse inverno? Fácil de fazer, o pescado surpreende com sabor e cor, além de se adaptar a diversas e práticas formas de preparo. “No inverno, ao mesmo tempo em que buscamos passar menos tempo na cozinha, nosso paladar fica inclinado aos pratos encorpados, já que o organismo precisa de mais energia para gerar calor. Além do gosto marcante, o salmão tem uma textura tenra e traz uma ‘gordura do bem’ supernutritiva. Um prato cheio para o corpo”, explica Melanie Whatmore, gerente da Salmón de Chile, marca que atua no incentivo ao consumo do pescado chileno no Brasil. 
Para garantir o sucesso do cardápio, a dica é harmonizar os pratos com vinho: o Cabernet Sauvignon chileno, por exemplo, tem taninos bem apurados e é a opção certa para acompanhar um encorpado escondidinho e uma sopa calorosa, sugestões imperdíveis da Salmón de Chile.


ESCONDIDINHO DE SALMÃO 

 Ingredientes 

600g de mandioca cozida e espremida 
1 1/2 xícara (chá) de maionese 
1 colher (sopa) de cheiro verde picado
1 colher (chá) de óleo 
1/2 cebola pequena ralada 
250g de filé de salmão cortado em cubos 
Queijo ralado a gosto 

 Modo de preparo

- Preaqueça o forno a 180C; 
- Em uma tigela média, misture a mandioca com 1 xícara (chá) de maionese e metade do cheiro verde e reserve;
- Em uma panela aqueça o óleo em fogo médio, doure a cebola e junte o salmão; 
- Refogue e mexa por 5 minutos ou até desmanchar; 
- Acrescente o restante da maionese e o cheiro verde, misture e reserve; 
- Em um refratário, coloque uma camada do purê de mandioca reservado, cubra com uma camada de salmão e finalize com o restante do purê de mandioca; 
- Polvilhe o queijo ralado e leve ao forno por 10 minutos ou até dourar levemente; 
Sirva em seguida. 

SOPA DE SALMÂO E COUVE FLOR 

Ingredientes 

1 couve-flor grande 
1,2 litros de caldo de legumes ou água 
½ copo de creme de leite fresco 
1 pedaço de filé de salmão 
Sal e pimenta a gosto 
1 colher de sopa de endro fresco, e mais um pouco para enfeitar

Modo de preparo

- Corte a couve flor retirando os caules mais duros e as folhas. Lave as flores e se estiverem muito grandes, corte-as em pedaços um pouco menores. Ponha-os numa panela grande, com o caldo de legumes (ou a água). Salgue levemente e leve ao fogo. Ferva por uns 25 minutos ou até a couve-flor estar macia na ponta da faca. 
- Quando a couve-flor estiver cozida, desligue o fogo. Com uma escumadeira, retire os pedaços do legume, deixando a água do cozimento na panela, e ponha-os na vasilha do processador junto com o endro. Com uma concha, acrescente um pouco do liquido de cozimento e processe até formar um creme homogêneo. Ponha mais um pouco do liquido de cozimento até a sopa estar cremosa. Reserve. - Corte o filé de salmão em tiras grossas. Tempere com sal e pimenta. Aqueça uma chapa ou um grill. Grelhe os pedaços de salmão 2 minutos de cada lado. O salmão tem que estar ainda um pouco cru por dentro. Ele acabará de cozinhar com o calor da sopa. Grelhe todos os pedaços e reserve num prato coberto com papel alumínio enquanto esquenta a sopa. 
- Ponha a sopa numa panela. Acrescente o creme de leite e tempere com sal e pimenta. Leve ao fogo somente até aquecer a sopa. Apague o fogo, junte os pedaços de salmão partidos em pedaços grandes e sirva imediatamente, enfeitando com um pouco de endro picado. 

ESPAGUETE AO MOLHO DE SALMÃO DEFUMADO 

Ingredientes 

500 g de espaguete 
500 g de salmão defumado 
1/2 litro de creme de leite 250 ml de vinho branco seco 
1/2 cebola picada 
Noz-moscada a gosto Sal refinado a gosto 
100 g de manteiga 

Modo de preparo 

Cozinhe, escorra o espaguete e reserve; Em uma panela refogue a cebola na manteiga; Adicione o vinho e deixe evaporar; Adicione o creme de leite e o salmão cortado em cubos finos; Acrescente a noz moscada em pó; Corrija o sal e adicione o talharim; Aqueça um pouco e sirva a seguir; Pode ser decorado com salsinha picada

Fotos: Divulgação/ Salmón de Chile

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Seres Especiais

Por Luiz Augusto da Silva

Devemos sempre insistir na busca dos ideais. Perseverar sem cansaço, até às metas finais. Recorrermos aos meios, humanos e materiais. Confiantes no apoio, dos Seres Especiais. Sermos sempre otimistas, acreditando nas forças divinas. Fortalecidos pelo altruísmo, impulsos que reanimam. Felizmente neste mundo, os amigos aparecem. Aumentam as energias, que aos idealistas fortalecem. Agosto /2008 (Modificado)

Ninguém pode limitar os seus sonhos

Por Fernanda Valente


E se uma garotinha surda decidir ser bailarina? Quem impedirá? Estamos aqui para incluir e transformar. Isso é o que você poderá conferir ao assistir o curta-metragem de animação Tamara, produzida e criada por House Boat Animation. O filme é muito interessante para passar em sala de aulas para explicar a diversidade às crianças. Está disponível na Internet e serve como ferramenta para promover valores como respeito e empatia. Tamara é uma garotinha surda que quer ser bailarina. Qual é a barreira que os professores e os alunos podem tirar disso?

Fernanda Valente - Jornalista com especialização em Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Estudou teatro, fazendo parte do Grupo GEXTUS (Grupo Experimental de Teatro da UniSantos). É Instrutora da Libras (Língua Brasileira de Sinais). Ministrou aulas de design gráfico para surdos. Trabalhou como produtora e repórter em alguns programas de TV regionais. Hoje se dedica a trabalhos de comunicação digital e ao …

Dois filmes sobre deficiência física para assistir no dia dos namorados

Por Fernanda Valente
Trago hoje dois filmes para reflexão. Como eu era antes de você é um filme que mexe com as nossas emoções. Porém, foge de toda a ideia que tratamos sobre a inclusão. Penso que o personagem na história, Will, que é tetraplégico joga fora tudo o que estamos vendo como evolução nos dias de hoje. A deficiência física é tratada como um caos, como algo sem solução, sem esperança, sem fé... É jogar fora todo o amor de Louisa. Veja o filme e entenda a minha frustração.



Já o filme Ferrugem e Osso, que também trata de um romance mostra uma construção rica e verdadeira de uma pessoa que adquire a deficiência física após um acidente. Vai mostrar a depressão, a adaptação, aceitação e novas possibilidades de vida. Não acabou. Há possibilidades. Há vida!



Feliz dia dos Namorados! Deixo abaixo uma linda poesia pessoal do meu amigo poeta Luiz Augusto que fala sobre construção familiar. 

O Cravo e a Rosa

Ainda um jovem cravo Uma rosa encontrei Com pétalas aveludadas Por ela me encantei
No j…