Pular para o conteúdo principal

Um livro para expressar sua emoções

Em Diário das Emoções, lançamento da Benvirá, selo de não ficção e ficção da Saraiva, a arteterapeuta Anna Llenas elege as emoções que considera básicas em todo ser humano – alegria, tristeza, raiva, medo, calma – e ensina o leitor a identificar, reconhecer e expressar essas emoções, tudo por meio de atividades que o ajudarão a se conectar com seus sentimentos.

Na obra, o leitor perceberá, por exemplo, que a raiva e a alegria compartilham uma mesma forma de expressão: o aumento do ritmo cardíaco. Já o medo e a raiva têm a mesma função: a sobrevivência – a raiva nos levando a responder prontamente àquilo que nos ataca e o medo fazendo com que passemos a agir com maior prudência.

A autora ressalta que o livro pode ser utilizado de três maneiras distintas. Na primeira, o leitor deve identificar a emoção que está sentindo no momento e procurar no livro a seção que fale sobre essa emoção, realizando, na sequência, os exercícios propostos. Na segunda, o leitor poderá escolher a atividade que parecer mais interessante, sem levar em conta o sentimento que deve ser expressado. Na terceira opção, a autora recomenda sortear uma página e realizar a atividade aleatoriamente.





Para que fique mais divertido – e o livro se torne uma obra de arte –, o leitor poderá utilizar diversos tipos de materiais, como lápis, giz de cera, aquarela, guache, argila, purpurina, o que for melhor para desenvolver a criatividade de cada um.

Quando sugeriram que eu fizesse ele livro de exercícios criativos relacionado às emoções, me pareceu uma proposta muito oportuna. O título mostra por meio da arte e criatividade as emoções nascidas em nosso interior. A arte se nutre dessas emoções. A criação artística permite que os vários estados de ânimos transpareçam. Minha formação, meu trabalho como professora, minhas práticas clínicas com arteterapia e, em especial, meu próprio processo artístico e minha autoanálise permitiram que eu entrasse em contato com conhecimentos diversos e encontrasse a inspiração para escrever este livro. Tudo isso também me ensinou que pela criação artística, é possível alcançar uma compreensão maior de nós mesmos e dos outros.”
Anna LLenas

Diário das emoções
Autora: Anna Llenas
Benvirá, 2015, 1ª edição, 256 páginas, R$ 29,90.


Sobre a autora:

Anna Llenas é formada em Desenho Gráfico e Psicologia Analítica com mestrado em Arteterapia e Psicologia pela Arte. Após trabalhar como ilustradora e diretora de artes em agências de publicidade, decidiu deixar de lado o mundo da propaganda e seguir um rumo mais artístico e pessoal. Desde então, desenha produtos originais, escreve e ilustra livros e ministra cursos de criatividade e emoções.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enfeites de Natal em potes, vasos e garrafas de vidro

Pra quem ama artesanato e enfeitar a casa para o Natal, a hora é agora. Deixo abaixo algumas dicas para fazer com taças, garrafas, potes e vasos de vidro: 


















TDAH: uma forma diferente de ver o mundo

Fernanda Santiago
O TDAH é um transtorno que inclui dificuldade de atenção, hiperatividade e impulsividade. Em geral, os sintomas começam na infância e podem persistir na vida adulta. Por ser um transtorno com característica genética, não tem cura. Porém, antes de rotular qualquer TDAH são pessoas que possuem inteligência e habilidades como as outras.  Achei este vídeo abaixo muito interessante. É muito difícil impor um padrão para o TDAH. Para os educares, seria muito bom prestar atenção na maneira que eles tentam se comunicar. O menininho do vídeo mostra grande interesse pela música. Será que os pais e os educadores estão preparados para perceber as habilidades e o interesse dessas crianças? Vale a pena conferir! Além disso, também há tratamentos através de medicamentos e da psicoterapia. 

Atypical, o que você precisa saber sobre o autismo

Fernanda Santiago Valente Você quer saber um pouco mais como é a vida de um garoto com o transtorno do espectro autista que está entrando na vida adulta? Para isso vale a pena assistir a série Atypical que está na Netflix desde o começo do mês de agosto. Não tem como não se apaixonar pelo personagem Sam, que está na fase de descobertas e quer arranjar uma namorada. É nessa busca pela paixão que se desenrola a história. Vamos entender como funciona a sua personalidade e como a situação afeta aqueles que estão ao seu redor. Algo muito interessante a se observar é a relação dele com a psicóloga. Sam se apaixona por ela. Isso é muito comum acontecer com paciente e profissional de sexos opostos, geralmente os pacientes que tem algum tipo de transtorno sempre se apaixonam por seus psicólogos.


Sam, apresentando os sintomas mais nítidos do espectro autista é um adolescente que tem sentimentos como qualquer outro. A única diferença é que seus sentimentos não são interpretados de forma comum. O ro…