Louco Amor - Maravilhado com um Deus que nunca muda

Livro De Francis Chan com Danae Yankoski


Não vivemos a certeza de que iremos ao Céu, nem mesmo pensamos nisso. Nossa vida cristã está cheia de prioridades individuais e não coletivas. Estamos em busca do sucesso profissional e financeiro, mas não estamos em busca de viver eternamente ao lado de Deus.
Louco Amor é um livro que trata sobre a realidade cristã. E se você como eu é um crente morno, é hora de tomar cuidado para não ser vomitado por Deus. Ainda há tempo de fazer uma reflexão interior e procurar saber o que Deus quer para a sua vida. É momento de pararmos de pedir bênçãos materiais e procurar enxergar as bênçãos espirituais que Deus nos proporciona todos os dias.
Ao ler o livro , você terá que tomar uma decisão: ser um verdadeiro cristão, ou então desistir de vez de seguir Jesus, que é um caminho repleto de busca pela santidade, amor e doação. Características que dificilmente encontramos na sociedade e igreja atual. Você quer mesmo segui-lo ou apenas ficar olhando suas obras?
Sabemos, no entanto, que todos nós possuímos dons espirituaisos quais Deus distribuiu a cada um para que servissem ao corpo de Cristo. O que quer dizer isso? Servir uns aos outros com seus perspectivos dons. Deus ama todos nós da mesma forma, mas nos fez diferentes, não para que nos sentíssemos melhores que os outros, mas para que pudéssemos ajudá-los. Afinal, cada um de nós tem algo individual e muito especial a oferecer. Por isso é que eu e você somos insubstituíveis aos olhos de Deus. Mas infelizmente, não deixamos o nosso dom fluir e nos tornamos substituíveis aos outros todo tempo, pois não sabemos enxergar o valor que cada um possui.
Você não precisa ir para longe para fazer a diferença que Deus quer. Basta apenas dar testemunho das suas ações em todos os lugares em que você pisa. Não é fácil. Porém, é uma busca. Não podemos ser egoístas. Deus quer que nos movamos. Deus não quer o tempo que sobra do nosso dia. Ele quer tudo. Nossa vida tem que ser uma busca constante. Temos que agradá-lo todo o tempo.
Nosso amor a Deus não pode ser oscilante, tem que ser um amor verdadeiro. Tem que ser como aquele nosso primeiro amor, o coração batendo forte e a ansiedade por mais um encontro... muitos relacionamentos se esfriam. Existe o amor. Mas de repente deixamos a paixão de lado. Temos sim que ser apaixonados por Deus, oferecendo a ELE todo o nosso melhor... e nossa vida tem que ser um rio de testemunhos, para que todos lembrem o quanto fizemos a diferença neste mundo. “Tornem-se meus imitadores como eu sou de Cristo”, 1 Corintios 11.1
Deus quer mais de mim e de você, temos que ser discípulos. Leia “Louco Amor” e encontre um novo propósito para a sua vida, pois Deus nunca muda.

Onde encontrar? EDITORA MUNDO CRISTÃO

Comentários