Pular para o conteúdo principal

Ruth Rocha discute a reinvenção de histórias para crianças

Foto: Piu Dip.
No mês em que o Sesc completa 70 anos, o SescTV apresenta Era Outra Vez, episódio inédito da série Super Libris, que traz a escritora paulistana Ruth Rocha para discutir sobre a tendência, na literatura infantil, de reinventar as histórias para crianças. A atração vai ao no dia 19/9, segunda, às 21h (assista também em sesctv.org.br/avivo), com direção do escritor e cineasta José Roberto Torero.


Membro da Academia Paulista de Letras desde 2008, ocupando a cadeira 38, Ruth se dedica a escrever livros infantis, tem mais de 200 títulos lançados e publicações em 25 idiomas. Dentre suas obras está Marcelo, Marmelo, Martelo, que alcançou mais de um milhão de exemplares vendidas. 



Para Ruth, a expressão ‘Era uma vez’ é uma espécie de fórmula que leva o leitor para um tempo mágico, imaginário e antigo e, atualmente, virou ‘Era outra vez’ porque a história está sendo recontada. “Mas essa recontação é a criança que exige, a criança gosta muito de repetição”, comenta.



Ao analisar a forma como as fábulas e contos de fadas são escritos, Ruth diz que a primeira tem uma preocupação com a moral e a ética, e a segunda, com questões de amadurecimento e desenvolvimento. Já sobre o final dessas narrativas, ela é a favor de que ele seja feliz porque acredita que a esperança deve estar presente em tudo na infância: “eu escrevo histórias e paro antes que as coisas de compliquem”.



Ruth fala ainda sobre a sabedoria humana que permeia os contos de fada e faz com que ultrapassem épocas; sobre textos politicamente corretos exigidos por editoras quando a obra é vendida para o governo; sobre a importância dos pais lerem para os filhos; e sobre a sua preocupação quando vai escrever.

Confira na íntegra:http://superlibris.sesctv.org.br/episodios/era-outra-vez
 




A escritora participa também dos quadros Pé de Página, no qual responde sobre onde, como e porque escreve, e do Primeira Impressão, em que sugere cinco livros escritos por Monteiro Lobato, que recontam histórias: Contos de Grimm; Fábulas; Histórias de Tia Anastácia; Alice no País das Maravilhas; e Peter Pan. O episódio traz ainda os quadros: Orelhas, sobre o escritor cubano Italo Calvino e o italiano Dante Alighieri; Prefácio, com Gabriela Romeu, jornalista e documentarista especializada em infância, que indica o livro Chapeuzinho Amarelo, de Chico Buarque; Quarta Capa, com o vlogger Mariana Gastal, que fala sobre o livro Poseidon, de Anna Branks; e Ptolomeus, sobre a Biblioteca Hans Christian Andersen, temática em contos de fadas.

SERVIÇO:
Super Libris
Era Outra Vez
Estreia: 19/9, segunda, às 21h
Reapresentações: 20/9, terça, às 9h e às 17h; 22/9, quinta, às 15h; 23/9, sexta, às 9h30 e às 17h30, 25/9, domingo, às 6h e às 14h30; e 26/9, segunda, às 16h
Classificação indicativa: Livre
Direção Geral: José Roberto Torero
Produção: Padaria de Textos
Duração: 25’16’’

Para sintonizar o SescTV:
Canal 128, da Oi TV
Ou consulte sua operadora
Assista também online em sesctv.org.br/aovivo
Siga o SescTV no twitter: http://twitter.com/sesctv
E no facebook: https: facebook.com/sesctv

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enfeites de Natal em potes, vasos e garrafas de vidro

Pra quem ama artesanato e enfeitar a casa para o Natal, a hora é agora. Deixo abaixo algumas dicas para fazer com taças, garrafas, potes e vasos de vidro: 


















TDAH: uma forma diferente de ver o mundo

Fernanda Santiago
O TDAH é um transtorno que inclui dificuldade de atenção, hiperatividade e impulsividade. Em geral, os sintomas começam na infância e podem persistir na vida adulta. Por ser um transtorno com característica genética, não tem cura. Porém, antes de rotular qualquer TDAH são pessoas que possuem inteligência e habilidades como as outras.  Achei este vídeo abaixo muito interessante. É muito difícil impor um padrão para o TDAH. Para os educares, seria muito bom prestar atenção na maneira que eles tentam se comunicar. O menininho do vídeo mostra grande interesse pela música. Será que os pais e os educadores estão preparados para perceber as habilidades e o interesse dessas crianças? Vale a pena conferir! Além disso, também há tratamentos através de medicamentos e da psicoterapia. 

Atypical, o que você precisa saber sobre o autismo

Fernanda Santiago Valente Você quer saber um pouco mais como é a vida de um garoto com o transtorno do espectro autista que está entrando na vida adulta? Para isso vale a pena assistir a série Atypical que está na Netflix desde o começo do mês de agosto. Não tem como não se apaixonar pelo personagem Sam, que está na fase de descobertas e quer arranjar uma namorada. É nessa busca pela paixão que se desenrola a história. Vamos entender como funciona a sua personalidade e como a situação afeta aqueles que estão ao seu redor. Algo muito interessante a se observar é a relação dele com a psicóloga. Sam se apaixona por ela. Isso é muito comum acontecer com paciente e profissional de sexos opostos, geralmente os pacientes que tem algum tipo de transtorno sempre se apaixonam por seus psicólogos.


Sam, apresentando os sintomas mais nítidos do espectro autista é um adolescente que tem sentimentos como qualquer outro. A única diferença é que seus sentimentos não são interpretados de forma comum. O ro…