Pular para o conteúdo principal

Dia da Gula

Hoje, dia 26 de janeiro, é comemorado o Dia da Gula! Para quem procura por um bom motivo para sair da dieta, a Bololô (http://www.bolosbololo.com.br/), rede de franquias de bolos presente no mercado desde 2012, disponibiliza agilidade e praticidade sem perder o gostinho de casa. Os produtos são feitos de forma totalmente artesanal, unindo produto de baixo custo e de valor nutricional elevado, por utilizar somente ingredientes naturais (frutas, legumes), sem conservantes, aromatizantes e outros. 


“O bolo tem o papel de reunir a família em momentos de descontração e união. Aquele bolo gostoso, feito com amor, deixa a família alegre e mais próxima. Na Bololô, fazemos cada bolo de forma única, sem misturas e ‘na mão’, pois cada bolo tem uma atenção especial em nossa produção. Além dos bolos caseiros, mini bolos e cupcakes, ainda fazemos os bolos de aniversário, decorados de forma exclusiva conforme a necessidade ou desejo do cliente. Smash the cake para fotos infantis, dentre outros”, explica Camila Castelli, sócia e responsável pela produção da Bololô. 

Outra opção para comemorar o Dia da Gula é a Sr. Sorvete, rede de franquias de sorvete, apresenta em seu cardápio as famosas taças lambuzadas. Bonitas e decoradas, elas chamam atenção e geram curiosidades, fazendo bastante sucesso entre todos os que provam essa delícia. 


A sorveteria conta com seis modelos de taças: creme de avelã; tentação com morango e chocolate; ganache branco e ao leite; waffle crocante com chocolate ao leite; mineira com doce de leite e amendoim torrado e ganache branco com coco ralado. Todas as taças acompanham duas bolas de sorvete, chantili e canudos de biju, além de brigadeiros e doces que dão um toque especial e único a cada uma delas. Além disso, a Sr. Sorvete possui produtos que compõem o cardápio, como a taça colegial, banana split, feijoada de sorvete e o sorvete de massa, bem como o espaço café, que oferece chocolate quente, cappuccino, bolos e salgados. 

“Apostamos nas taças lambuzadas devido ao grande sucesso que elas fazem com o público jovem. A taça tem sua elegância, encanta com a montagem e é deliciosa para se saborear”, declara Leandro Sambini, chef gelatiere da Sr. Sorvete.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os benefícios da caminhada

Fernanda Santiago
Existem inúmeras atividades físicas, mas a caminhada tem a menor taxa de abandono de todos eles. É simples e a mudança positiva que você pode fazer para efetivamente melhorar sua saúde cardíaca. Praticar a caminhada por pelo menos 30 minutos por dia pode ajudá-lo: Reduzir o risco de doença cardíaca coronáriaMelhorar a pressão arterial e os níveis de açúcar no sangueMelhorar o perfil lipídico no sangueManter o peso corporal e diminuir o risco de obesidadeMelhorar o bem estar mentalReduzir o risco de osteoporoseReduzir o risco de câncer de mama e de cólonReduzir o risco de não insulino-dependente (tipo 2) diabetes

São muitos benefícios para uma atividade tão simples. Se você mora perto da praia, melhor ainda. Se não tem uma praia próxima, procure um parque.  Caminhe, respire fundo e aprecie tudo ao redor. O corpo agradece!

Terminou a folia!

Terminou a folia;  não tirei a fantasia;  só transmito alegria; nada de melancolia. Sou Palhaço! Meus nervos são de aço. com meus versos,  meus sentimentos disfarço.  Sou Palhaço! Com nariz avermelhado; sapato pontiagudo; roupa colorida: No picadeiro,  a platéia alegro;  não iludo - convenço. Assim, conduzo a vida sem perder o compasso... Sou Palhaço! Sou Palhaço! 
13/02/2018 Luiz Augusto da Silva Olimpia - São Paulo

A tradicional sopa de cebola francesa

Fernanda Santiago Valente Quem é que não gosta de uma sopa no tempo frio? Aqui no Brasil, muitos recomendam a sopa de cebola para quem está com dor de garganta ou gripado. Eu vou além. Amo todos os tipos de cremes e sopas, mas a de cebola tem um sabor especial. A sopa tradicional da cozinha parisiense merece toda a atenção.Algumas lendas da França afirmam que a sopa de cebola foi inventada por Louis XV, quando passavam por uma crise. Ele só tinha cebolas, manteiga e champanhe como alimentos, assim como toda a população de baixa renda. A receita ganhou novos temperos ao decorrer dos anos e conseguiu conquistar todo o mundo, principalmente nós brasileiros, pois amamos nos deliciar com uma sopinha nos períodos frios, não é mesmo? Ainda nas tradições parisienses, a sopa serve para alimentar também as emoções do dia do tão sonhado casamento. Eles tem o hábito de consumir a sopa após a festa. Isso se repete também em grandes eventos. Se por acaso acordarem de ressaca, também consomem a sopa,…