Pular para o conteúdo principal

Rafael Abdalla Quinteto apresenta uma mistura de música brasileira com jazz

A sonoridade do grupo pode ser apreciada em documentário e show inéditos, que o SescTV exibe no dia 19/2 domingo, a partir das 21h

                                 Rafael Abdalla. Foto: Piu Dip

Samba, choro, maracatu, baião e outros ritmos brasileiros se fundem ao jazz e a experimentações de vanguarda na musicalidade de Rafael Abdalla Quinteto, que se apresenta em documentário da série Passagem de Som e show da série Instrumental Sesc Brasil. Inéditos, os programas vão ao ar no dia 19/2, domingo, a partir das 21h, no SescTV (Assista também em sesctv.org.br/aovivo), com  direção geral Max Alvim.

O contrabaixista e compositor Rafael Abdalla nasceu no Mato Grosso do Sul e mudou-se para o interior de São Paulo, em 2003. Começou na música tocando violão e, aos poucos, foi se interessando pelo contrabaixo. O rock foi o primeiro ritmo que escolheu para tocar. Sua participação em grupos de baile e bandas de música regional sul mato-grossense o tornou um compositor versátil. “Tocando um pouquinho de cada coisa. Roda de samba, tudo que foi pintando, eu fui fazendo”, recorda.

No Passagem de Som, Rafael conversa com o contrabaixista Marcos Paiva, que foi seu professor; e fala sobre a liberdade de estudar e mesclar uma diversidade de sons ao jazz em seu repertório. Ele expõe que desta forma surge uma composição livre de estilos. “O nosso som tem coisa ‘brasuca’, quase estilizada, mas também tem espaço para “O que é isso aqui? Não sei. É um groove...”, explica acrescentando que recebe influências de compositores brasileiros como Cartola e Hermeto Pascoal.

O documentário mostra que a flexibilidade de Abdalla também é notada nas diferentes formações que já tocou ao longo de sua carreira. Seu primeiro álbum, que leva seu nome, foi gravado em quarteto e o segundo, Gratidão, em quinteto. O contrabaixista comenta sobre a diferença de tocar em duo, trio ou em um grupo maior, como em uma orquestra.

No show do Instrumental Sesc Brasil, exibido na sequência, Abdalla apresenta composições próprias, que se aliam à experiência de cada integrante do quinteto. “Todo mundo toca junto, participa dos arranjos. Minha ideia sempre foi que o disco seja de todo mundo”, esclarece o contrabaixista, que toca ao lado de José Luiz Martins, no piano; Edu Nali, na bateria; Rodrigo Ursaia, no saxofone e flauta; e Vinícius Gomes – guitarra.

SERVIÇO:

Passagem de Som / Instrumental Sesc Brasil

Rafael Abdalla Quinteto
Estreia: 19/2, domingo, a partir das 21h
Reapresentações: 20/2, segunda, às 16h30; 21/2 terça, às 9h30; 22/2, quarta, às 11h; 23/2, quinta, às 13h; e 25/2, sábado, às 14h.
Classificação indicativa: Livre
Produção: Canal Independente
Direção Geral: Max Alvim

Para sintonizar o SescTV:
Canal 128, da Oi TV
Ou consulte sua operadora
Assista também online em sesctv.org.br/aovivo
Siga o SescTV no twitter: http://twitter.com/sesctv






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Acredite!

Por Fernanda Valente

Está sem motivação? Perdeu a direção? Não ousa mais sonhar? Pare, respire e viva. Cerque-se de pessoas alegres, essas tem o poder de influenciar nossas vidas de uma maneira extraordinária. O mundo está muito carente de alegria. Por isso, comece por você. Mude os velhos hábitos. Pare de reclamar! Ouse! Hoje, acorde cedo, faça uma caminhada, converse com alguém que nunca viu, distribua sorrisos. Enfim, comunique-se de uma maneira especial, sendo você mesmo. Não rejeite as pessoas. Encontre em cada olhar algo lindo de se ver. Não sinta medo de conhecer alguém. Cada pessoa é única e possui histórias maravilhosas para serrem contadas e ouvidas. Eu gosto muito de conversar com os idosos, são pessoas carentes, que viveram muito e o que eles tem a oferecer são suas histórias de vidas. Hoje não é como ontem e o amanhã não será como hoje. As pessoas mudam. O tempo corre. Mas não deixe que o tempo o controle. Viva e pronto! Trabalhe com paixão mesmo que o seu emprego não seja o …

ORAÇÃO PELA PÁTRIA

Por Luiz Augusto da Silva
Querido povo brasileiro, só mesmo a oração e a bondade  divinal poderá  moralizar a crise política nacional e dar ao Brasil proteção total! Oremos: Senhor faça o gigante pela  própria natureza,  adormecido em berço esplêndido,  despertar deste atual pesadelo.  Ilumina aos nossos  representantes  para que tenham pela  nossa nação  mais respeito e maior zelo.  Façamos à Deus nosso apelo para sairmos   deste cruel desmantelo. Senhor, livrai-nos do homem corruptor  e das garras do leão devorador.  Faça o povo brasileiro ordeiro  e livre do jugo estrangeiro . Amém!
Uma reflexão para o atual momento!

Chove Lá Fora

Por Luiz Augusto da Silva


Amanhece! Chove lá fora! Tudo está muito nublado: _Meu coração sufocado: Chora! Quero você agora!
Nuvens acinzentadas Esconde o raiar do sol. Priva os meus ouvidos Do canto do rouxinol!
Rolo na cama! Jogo o lençol: _A saudade invade o local! A tristeza é cruel!: "Mortal"! A felicidade foge!: Infernal!
Sou forte! Bravo! Luto! Bruto! _ Sou guerreiro com esperança! As tempestades serão vencidas: _Pela afiada lança da bonança!