Pular para o conteúdo principal

O que você guarda dentro do coração?



A Bíblia na tradução grega, dá muitos novos sentidos às palavras, e alguns, são extraordinários. No Novo Testamento, a palavra grega para descrever o coração é “kardia”, que significa “o verdadeiro você”. Um versículo muito conhecido diz assim:

"Sobre tudo o que  se deve guardar, guarda o coração, porque dele procedem as fontes da vida" Provérbios 4.23

Penso que isso tem a ver com a nossa “identidade”. Por acaso, você deixa o seu documento de identidade nas mãos de qualquer um? O que há mais de individual em nós é o coração. O nosso documento de identidade diz o nosso nome, o ano que nascemos e o lugar em que nascemos. Nossas digitais também estão lá. É o que nos torna únicos. Nenhuma digital é igual. Assim também é o coração. Só que às vezes não sabemos identificar o que está dentro dele. Por isso, é necessário analisar o coração, que é a nossa identidade pessoal.
Hoje, vivemos num período tão “racional” que deixamos nossas “emoções” de lado. Vejo muita gente matando e excluindo o próprio coração, em busca de coisas que não o motivam, que não tem nada a ver com sua identidade pessoal. São os desejos do nosso coração que nos impulsionam para uma vida melhor. Deus colocou vontades em nosso coração, mas devemos lembrar que a vontade de Deus não é egoísta e jamais ferirá o outro. “A vontade de Deus é boa, perfeita e agradável”.
Se não sabemos qual é a vontade de Deus, devemos procurar saber o que é que nos motiva. Vivemos na Era das Circunstâncias, deixando que a vida nos leve para qualquer lugar, mas Deus tem um lugar especial para nós, é isso, que devemos buscar e aprender a identificar.
Só Deus conhece o nosso oculto. Nem nós nos conhecemos, pois estamos sempre nos transformando, mudando. A nossa geração exige de nós muita velocidade. É por causa disso que não temos tempo para ouvir o nosso coração e sentir ali, a voz de Deus.
Todos os dias Deus coloca um sonho em nosso coração. Ele não quer que saímos contando pra todo mundo os nossos sonhos. Às vezes são as pessoas que mais amamos que não acreditam em nossos sonhos. Por isso, quando ouvir a voz do coração: _Vá, Faça, Lute! Deus acredita em nós, temos que encarar, desafiar, conquistar. “Não existe impossível para Deus”.

O nosso verdadeiro EU só estará exposto quando estivermos desfrutando dos nossos sonhos. Por isso, devemos ter tempo para orar, falar com Deus, ouvir Deus. O único que se entusiasma conosco. Deixe viver o coração e o guarde. 


Comentários

Anônimo disse…
Querida amiga,gosto muito e concordo contigo.Diz O Pequeno Príncipe : O essencial é invisível aos olhos. Por isso devemos olhar e escutar através dos nossos corações. Creio que as emoções falam mais alto do que as razões. Muito embora,seja a favor do equilíbrio em determinadas situações.É isso que penso, minha Sintonia.
Tenha um feliz e abençoado sábado.
Beijos no coração! ��❤
Luiz Augusto

Postagens mais visitadas deste blog

Enfeites de Natal em potes, vasos e garrafas de vidro

Pra quem ama artesanato e enfeitar a casa para o Natal, a hora é agora. Deixo abaixo algumas dicas para fazer com taças, garrafas, potes e vasos de vidro: 


















TDAH: uma forma diferente de ver o mundo

Fernanda Santiago
O TDAH é um transtorno que inclui dificuldade de atenção, hiperatividade e impulsividade. Em geral, os sintomas começam na infância e podem persistir na vida adulta. Por ser um transtorno com característica genética, não tem cura. Porém, antes de rotular qualquer TDAH são pessoas que possuem inteligência e habilidades como as outras.  Achei este vídeo abaixo muito interessante. É muito difícil impor um padrão para o TDAH. Para os educares, seria muito bom prestar atenção na maneira que eles tentam se comunicar. O menininho do vídeo mostra grande interesse pela música. Será que os pais e os educadores estão preparados para perceber as habilidades e o interesse dessas crianças? Vale a pena conferir! Além disso, também há tratamentos através de medicamentos e da psicoterapia. 

Atypical, o que você precisa saber sobre o autismo

Fernanda Santiago Valente Você quer saber um pouco mais como é a vida de um garoto com o transtorno do espectro autista que está entrando na vida adulta? Para isso vale a pena assistir a série Atypical que está na Netflix desde o começo do mês de agosto. Não tem como não se apaixonar pelo personagem Sam, que está na fase de descobertas e quer arranjar uma namorada. É nessa busca pela paixão que se desenrola a história. Vamos entender como funciona a sua personalidade e como a situação afeta aqueles que estão ao seu redor. Algo muito interessante a se observar é a relação dele com a psicóloga. Sam se apaixona por ela. Isso é muito comum acontecer com paciente e profissional de sexos opostos, geralmente os pacientes que tem algum tipo de transtorno sempre se apaixonam por seus psicólogos.


Sam, apresentando os sintomas mais nítidos do espectro autista é um adolescente que tem sentimentos como qualquer outro. A única diferença é que seus sentimentos não são interpretados de forma comum. O ro…