Pular para o conteúdo principal

Respira, inspira e não pira

Caroline Trevisan

Sabe aquela frase dita em propaganda de produtos de limpeza transmitida na TV? “Xô neura!” Ela fará parte do seu vocabulário a partir de agora, mas se ela já faz então mantenha e reforce cada palavra.
Mulher tem uma imaginação que vai bem longe e disso todo mundo sabe, entretanto o problema é quando ela se deixa levar pelos medos, dúvidas e fantasia criadas por ela mesma. Porém, os homens não estão muito atrás, tiram conclusões precipitadas e ainda criam uma situação totalmente contrária da real. Isso só atrapalha a nossa vida e não nos permite vivenciar momentos e situações portanto mande um “xô” e permita-se.
O nosso cérebro é o maior responsável por enviar mensagens a todo o nosso corpo e podemos reprogramá-lo por Programação Neurolinguística. Este é um método bem eficaz para mandar bem longe essas sensações negativas.
Crie confiança em si próprio e em quem merece, ria, chore, deixe sua vida mais leve, faça o que sentir vontade, seja independente e ame muito!
Esta não é uma receita de bolo e nem o segredo de nada, apenas uma dica de comportamento muito simples e válida até o resto de nossas vidas.
Experimente e comente aqui como foi e o resultado. Adoro trocar experiências com vocês leitores.
Até a próxima!


Comentários

PORTES CARLOS disse…
Parabéns pelas suas palavras eu, destaco que além da respiração para manter a calma o importante é amar em primeiro lugar a sí mesmo, são degraus que o ser irá subir lentamente espiritualmente.
Tente, você irá conseguir!
Ótima colocação Portes Carlos. Com certeza o amor próprio é uma grande chave para esse assunto ;)

Postagens mais visitadas deste blog

Enfeites de Natal em potes, vasos e garrafas de vidro

Pra quem ama artesanato e enfeitar a casa para o Natal, a hora é agora. Deixo abaixo algumas dicas para fazer com taças, garrafas, potes e vasos de vidro: 


















TDAH: uma forma diferente de ver o mundo

Fernanda Santiago
O TDAH é um transtorno que inclui dificuldade de atenção, hiperatividade e impulsividade. Em geral, os sintomas começam na infância e podem persistir na vida adulta. Por ser um transtorno com característica genética, não tem cura. Porém, antes de rotular qualquer TDAH são pessoas que possuem inteligência e habilidades como as outras.  Achei este vídeo abaixo muito interessante. É muito difícil impor um padrão para o TDAH. Para os educares, seria muito bom prestar atenção na maneira que eles tentam se comunicar. O menininho do vídeo mostra grande interesse pela música. Será que os pais e os educadores estão preparados para perceber as habilidades e o interesse dessas crianças? Vale a pena conferir! Além disso, também há tratamentos através de medicamentos e da psicoterapia. 

Atypical, o que você precisa saber sobre o autismo

Fernanda Santiago Valente Você quer saber um pouco mais como é a vida de um garoto com o transtorno do espectro autista que está entrando na vida adulta? Para isso vale a pena assistir a série Atypical que está na Netflix desde o começo do mês de agosto. Não tem como não se apaixonar pelo personagem Sam, que está na fase de descobertas e quer arranjar uma namorada. É nessa busca pela paixão que se desenrola a história. Vamos entender como funciona a sua personalidade e como a situação afeta aqueles que estão ao seu redor. Algo muito interessante a se observar é a relação dele com a psicóloga. Sam se apaixona por ela. Isso é muito comum acontecer com paciente e profissional de sexos opostos, geralmente os pacientes que tem algum tipo de transtorno sempre se apaixonam por seus psicólogos.


Sam, apresentando os sintomas mais nítidos do espectro autista é um adolescente que tem sentimentos como qualquer outro. A única diferença é que seus sentimentos não são interpretados de forma comum. O ro…