Pular para o conteúdo principal

Energize-se

Por Caroline Trevisan
Imagem: Freeimages
Vocês pensam que não, mas as cores e suas combinações têm significados, o que também podem estar ligados aos seus humores:
 * Vermelho: Cor quente, ativa e estimulante, representa força, coragem, sexualidade e saúde. Você pode usa-la para alegrar e atrair atenção. Prefira acessórios e detalhes em vermelho, evite o vermelho puro e em excesso.
 * Laranja: Transmite força, curiosidade, otimismo, expansão e equilíbrio emocional. Usadas em tonalidades mais suaves, representa amor e afetividade.
 * Amarelo: Representa dias quentes bonitos e agradáveis, atrai pensamentos otimistas e auto-satisfação. Essa cor é muito boa para a comunicação, criatividade, atenção e bom-humor.
 * Marrom: Ligada a ideia de comprometimento, base forte, responsabilidade e constância. Pode ser usada em ambientes de trabalho e salas de reunião, pois ajudam na concentração. Porém não deve ser, em excesso por absorver com facilidade as energias negativas.
 * Verde: Harmonia, equilíbrio, esperança, fertilidade e renovação. Acalma e ajuda no processo de cura, principalmente, no aspecto emocional.
 * Azul: Sugere a espiritualidade, ordem, quietude e tranquilidade. Muito empregado em locais de relaxamento como quartos e salas de descanso, pois transmitem paz e sonolência. Estimular no azul pode te dar uma sensação de solidão e estimulá-la.
 * Violeta: Purifica os pensamentos, transforma a energia negativa em positiva, sempre presente em trabalhos ligados à arte, pois estimulam a consciência.
* Preto: Normalmente representa a ausência ou rejeição a algo. Mas também pode indicar poder, seriedade e sobriedade.
* Branco: Pureza e amor divino são agregados a essa cor, ligada ao desprendimento material e aceitação. Pode ser usada em qualquer ambiente, porém o excesso dela pode causar tédio. Então procure colocar detalhes em outras cores para quebrar o excesso.
Impressionante como as nossas roupas transparecem como nós estamos não é mesmo? Espero que coloquem em prática essas dicas e compartilhe essa experiência. Fiquem à vontade para comentar abaixo também.
Beijos e uma ótima semana a todos!

Comentários

Luiz Augusto da silva disse…
Caroline gosto muito da sua publicação sobre as cores.Parabéns!
Bom dia e feliz sexta-feira.
Beijos ♡♡
Obrigada Luiz!
Ótima sexta-feira! Beijo!

Postagens mais visitadas deste blog

Enfeites de Natal em potes, vasos e garrafas de vidro

Pra quem ama artesanato e enfeitar a casa para o Natal, a hora é agora. Deixo abaixo algumas dicas para fazer com taças, garrafas, potes e vasos de vidro: 


















TDAH: uma forma diferente de ver o mundo

Fernanda Santiago
O TDAH é um transtorno que inclui dificuldade de atenção, hiperatividade e impulsividade. Em geral, os sintomas começam na infância e podem persistir na vida adulta. Por ser um transtorno com característica genética, não tem cura. Porém, antes de rotular qualquer TDAH são pessoas que possuem inteligência e habilidades como as outras.  Achei este vídeo abaixo muito interessante. É muito difícil impor um padrão para o TDAH. Para os educares, seria muito bom prestar atenção na maneira que eles tentam se comunicar. O menininho do vídeo mostra grande interesse pela música. Será que os pais e os educadores estão preparados para perceber as habilidades e o interesse dessas crianças? Vale a pena conferir! Além disso, também há tratamentos através de medicamentos e da psicoterapia. 

Atypical, o que você precisa saber sobre o autismo

Fernanda Santiago Valente Você quer saber um pouco mais como é a vida de um garoto com o transtorno do espectro autista que está entrando na vida adulta? Para isso vale a pena assistir a série Atypical que está na Netflix desde o começo do mês de agosto. Não tem como não se apaixonar pelo personagem Sam, que está na fase de descobertas e quer arranjar uma namorada. É nessa busca pela paixão que se desenrola a história. Vamos entender como funciona a sua personalidade e como a situação afeta aqueles que estão ao seu redor. Algo muito interessante a se observar é a relação dele com a psicóloga. Sam se apaixona por ela. Isso é muito comum acontecer com paciente e profissional de sexos opostos, geralmente os pacientes que tem algum tipo de transtorno sempre se apaixonam por seus psicólogos.


Sam, apresentando os sintomas mais nítidos do espectro autista é um adolescente que tem sentimentos como qualquer outro. A única diferença é que seus sentimentos não são interpretados de forma comum. O ro…