Pular para o conteúdo principal

Firme na Rocha!

Fernanda Santiago Valente

Acredito sempre na força maior de Deus, aquele que coloca propósitos eternos no nosso coração. Todo ser humano passa por aflições, angústias, mas só conseguimos nos livrar delas com a ajuda do divino. Se não depositamos a confiança no nosso Criador, tudo fica sem vida, pois perder a esperança é lentamente perder a fé.
Deus. Jesus. O Espírito Santo. A trindade que edifica o nosso coração. Quais são os lugares que temos plantado os nossos sonhos? No começo do ano, recebi da minha igreja um vaso com sementinhas de girassol. Eles morreram. Eu não sabia cultivar girassóis. Porém, fiquei presa a todo o simbolismo sobre o significado de plantas sementes, ficar disposta em conhecer sementes, perceber que o girassol cresce virado para o sol, notar que precisa de luz. Fiquei com a reflexão: onde estou plantando as minhas sementes? Os meus sonhos, a minha vida, os meus relacionamentos. Tudo o que pertence a Deus é eterno.
Temos que colocar em prática tudo o que estamos recebendo de Deus. Só que viver momentos ruins são inevitáveis. Existem sim problemas relacionados à minha família que me angustiam. Uma dor que gostaria de eliminar agora. No entanto, só me resta seguir e olhar para o Senhor, focando nas sementes, no melhor que posso ser, no melhor que posso fazer diante aos obstáculos.
Peço a Deus que eu consiga me manter firme, que nenhuma tempestade venha a me derrubar. Que todos os meus sonhos estejam no centro da vontade do PAI! Hoje é o meu aniversário, mais um ano para renascer, edificar!


Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha;
E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.
Mateus 7:24,25

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enfeites de Natal em potes, vasos e garrafas de vidro

Pra quem ama artesanato e enfeitar a casa para o Natal, a hora é agora. Deixo abaixo algumas dicas para fazer com taças, garrafas, potes e vasos de vidro: 


















Resenha: Contos de enganar a morte , de Ricardo Azevedo, 1ª edição - 2003.

Por Thiago Grass
Pode-se dizer que o folclore é uma força em constante movimento, uma fala, um símbolo, uma linguagem que o uso torna coletiva. Por meio dele, as pessoas dizem e querem dizer. E a dica de leitura bebe justamente dessa fonte da cultura popular. No livro “Contos de enganar a morte”, o escritor Ricardo Azevedo explora esse tema tão delicado de forma leve e criativa. O próprio autor menciona na obra:
Trata-se de um grave erro considerar a morte um assunto proibido ou inadequado para crianças. Heróis nacionais como Ayrton Senna, presidentes da república e políticos importantes, artistas populares, parentes, amigos, vizinhos e até animais domésticos infelizmente podem morrer e morrem mesmo. A morte é indisfarçável, implacável e faz parte da vida (AZEVEDO, 2003, p.58).
Portanto, o livro reúne quatro narrativas sobre a “hora de abotoar o paletó”, “entregar a rapadura”, “bater as botas”, “esticar as canelas”. Nesses contos, os personagens se defrontam com a morte, contudo, ninguém …

Roberto Carlos, O contador de Histórias

Fernanda Santiago
O contador de Histórias – Se você ainda não assistiu ao filme, recomendo que coloque na sua lista. Sabe aquelas histórias envolventes e reflexivas? Será que vale a pena investir numa pessoa que todo mundo diz que não tem jeito? Esta história verídica diz que sim. O filme conta a história de Roberto Carlos, um menino que teve sua primeira infância na Febem, devido a ignorância da sua mãe, mostrando o que a falta de educação e instrução faz com a sociedade. Para o sistema, Roberto Carlos era mais um “delinquente”, mas a condição de vida dele começou a mudar quando surgiu na Feben, uma educadora francesa que assumiu um papel maravilhoso na sua vida: o aceitou, o educou, o instruiu e acima de tudo, ensinou na prática que o amor é um longo exercício de paciência. Faz tempo que assisti ao filme, mas recentemente encontrei uma palestra do próprio Roberto Carlos no YouTube. Fiquei encantada. Hoje, é ele quem assume o papel de educador. Além disso, ele faz com outras crianças o…