Pular para o conteúdo principal

Exposição do MuBi é atração da CBB 2016


A Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) participa da 96ª edição da CBB 2016, o Encontro Anual dos Batistas do Brasil, que está acontecendo até o dia 19 de abril, no Mendes Convention Center, na cidade de Santos (SP). Uma das atrações concebidas para o evento será a exposição “Bíblia, dos manuscritos aos formatos digitais”, com peças do acervo do Museu da Bíblia (MuBi), montada num estande de 126 m2. Em outro espaço, de 54 m2, a SBB apresentará sua linha de produtos, com destaque para a recém-lançada “Bíblia Bom Dia”. O Pr. Israel Belo de Azevedo, autor dos devocionais que permeiam a obra, estará no estande nos dias 13/04, às 20h, e no dia 14/04, às 19h, para recepcionar os interessado em conhecer a publicação e dar autógrafos.

A denominação Batista reúne atualmente mais de 2,5 milhões de pessoas e 12.400 templos em todo território nacional. Evento da Convenção Batista Brasileira, a CBB2016 visa, entre outros objetivos, oferecer ferramentas de apoio as igrejas e seus membros, promovendo, ainda, a uma grande feira de produtos e serviços, aberta ao público em geral. 
A exposição “Bíblia, dos manuscritos aos formatos digitais” fará um resgate de como o Livro Sagrado chegou até nossos dias, começando por apresentar as superfícies de escrita, reproduções dos textos gregos e hebraicos e traduções de destaque, como Septuaginta, a Vulgata, do tempo dos manuscritos, e traduções de Lutero (alemão), King James (inglês) e Reina Valera (espanhol), do tempo dos impressos.

Terão destaque também às Bíblias para o Brasil, incluindo traduções para línguas indígenas, e obras voltadas a diferentes segmentos da população: crianças, jovens, idosos, pessoas com necessidades especiais e famílias, entre outros.

Nos módulos finais, serão apresentadas obras como a Bíblia em Braile, a Bíblia em Libras, em formatos digitais e uma curiosa verão do Novo Testamento à prova d´água. Os visitantes também terá a oportunidade de sentir os aromas citados em passagens das Sagradas Escrituras, como mirra, aloés e nardo.

Sobre a Bíblia Bom Dia: Publicada pela SBB, esta Bíblia de Estudo Devocional reúne perto de 3 mil reflexões que fazem ponte com o texto bíblico, promovendo o crescimento no conhecimento da Palavra de Deus. Motivacionais e inspiradores, os textos elaborados pelo Pastor Israel Belo de Azevedo orientam o leitor sobre como obter a alegria de viver no caminho de Deus. Com texto bíblico na Nova Tradução na Linguagem de Hoje, a obra prima, ainda, por ter uma linguagem acessível e agradável, de fácil compreensão. Outro diferencial é seu projeto gráfico, com impressão em duas cores, preta e laranja.

 Serviço
SBB participa da CBB 2016
Data: de 13 a 19 de abril de 2016
Horário: 13, 14, 15, 16 e 18/04 - Das 12h às 22h
    17 e 19/04 - Das 10 às 16h
Local: Mendes Convention Center
            Av. Gen. Francisco Glicério, 206 - Vila Mathias
Santos – SP
Sessões de autógrafo com o Pr. Israel Belo de Azevedo
Dia 13/04 - 20h
Dia 14/04 - 19h


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enfeites de Natal em potes, vasos e garrafas de vidro

Pra quem ama artesanato e enfeitar a casa para o Natal, a hora é agora. Deixo abaixo algumas dicas para fazer com taças, garrafas, potes e vasos de vidro: 


















Resenha: Contos de enganar a morte , de Ricardo Azevedo, 1ª edição - 2003.

Por Thiago Grass
Pode-se dizer que o folclore é uma força em constante movimento, uma fala, um símbolo, uma linguagem que o uso torna coletiva. Por meio dele, as pessoas dizem e querem dizer. E a dica de leitura bebe justamente dessa fonte da cultura popular. No livro “Contos de enganar a morte”, o escritor Ricardo Azevedo explora esse tema tão delicado de forma leve e criativa. O próprio autor menciona na obra:
Trata-se de um grave erro considerar a morte um assunto proibido ou inadequado para crianças. Heróis nacionais como Ayrton Senna, presidentes da república e políticos importantes, artistas populares, parentes, amigos, vizinhos e até animais domésticos infelizmente podem morrer e morrem mesmo. A morte é indisfarçável, implacável e faz parte da vida (AZEVEDO, 2003, p.58).
Portanto, o livro reúne quatro narrativas sobre a “hora de abotoar o paletó”, “entregar a rapadura”, “bater as botas”, “esticar as canelas”. Nesses contos, os personagens se defrontam com a morte, contudo, ninguém …

Roberto Carlos, O contador de Histórias

Fernanda Santiago
O contador de Histórias – Se você ainda não assistiu ao filme, recomendo que coloque na sua lista. Sabe aquelas histórias envolventes e reflexivas? Será que vale a pena investir numa pessoa que todo mundo diz que não tem jeito? Esta história verídica diz que sim. O filme conta a história de Roberto Carlos, um menino que teve sua primeira infância na Febem, devido a ignorância da sua mãe, mostrando o que a falta de educação e instrução faz com a sociedade. Para o sistema, Roberto Carlos era mais um “delinquente”, mas a condição de vida dele começou a mudar quando surgiu na Feben, uma educadora francesa que assumiu um papel maravilhoso na sua vida: o aceitou, o educou, o instruiu e acima de tudo, ensinou na prática que o amor é um longo exercício de paciência. Faz tempo que assisti ao filme, mas recentemente encontrei uma palestra do próprio Roberto Carlos no YouTube. Fiquei encantada. Hoje, é ele quem assume o papel de educador. Além disso, ele faz com outras crianças o…