Pular para o conteúdo principal

Seis temas de atualidades que podem cair no Enem

Fique atento aos assuntos que você não pode deixar de saber para o Enem, de acordo com Daniel Pereira Leite, professor do Curso Poliedro
Descrição da imagem: O Universo, nele, uma bola no formato do planeta Terra,
dando a idéia de átomos ligados um ao outro.
No meio dessa bola, em destaque o mapa do Brasil. 

Estudar os principais acontecimentos do Brasil e do mundo é um ponto fundamental para alcançar uma boa nota na prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que neste ano ocorre nos dias 4 e 11 de novembro. Questões que envolvem atualidades podem cair nas provas de Filosofia, Sociologia, História, Geografia, Ciências ou mesmo como tema de Redação, que tem um peso representativo na nota final dos candidatos.
O professor de Atualidades do Curso Poliedro, Daniel Pereira Leite, aponta que para estudar atualidades os candidatos devem apostar em diversas fontes de informação, como matérias televisivas, sites, jornais e revistas. Além disso, devem estar atentos aos assuntos que envolvem questões sociais. “A tendência das provas que cobram assuntos atuais é verificar o quanto o estudante está informado diante dos acontecimentos mais comentados na mídia”, indica o professor.
Com o intuito de auxiliar na preparação dos vestibulandos, o especialista do Poliedro elaborou uma seleção de temas que podem cair nesta prova. Confira, estude e prepare-se:
1 – Direitos Humanos
Esse é um tema que pode aparecer de diversas formas no Enem. Assuntos como a possível legalização do aborto na Argentina; a crise dos refugiados venezuelanos no Brasil – proveniente de cidadãos fugindo da crise econômica e política em seu país –; a onda de refugiados para a Europa, em razão das guerras e terrorismo no Oriente Médio e África; a violência contra Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais ou Transgêneros (LGBT), são apostas. Neste sentido, o professor reforça que tópicos que tratam de preconceitos já foram cobrados em diversas edições do Enem, representando uma forte característica de assuntos abordados na prova.
2 – Copa do Mundo
Copa do Mundo também pode ter desdobramentos, tendo como enfoque polêmicas e discussões tratadas, como a ex-Iugoslávia e os times oriundos da extinção da Iugoslávia, além de jogadores de origem albanesa terem se manifestado contra a Sérvia, por exemplo. O time francês ser multirracial pode ser um fato solicitado no que tange preconceito e direitos humanos.
3 – Brexit
O processo de saída do Reino Unido da União Europeia iniciado em 2017 e com previsão de término para 2019, cujas negociações acontecem de forma gradativa, pode aparecer na prova. A palavra Brexit vem da junção das palavras inglesas “Britain” (Bretanha) e “Exit” (saída). O Enem, desta forma, pode pedir desde os motivos que levaram a esse processo, até seus impactos e consequências, como a perda da contribuição monetária do Reino Unido, a renegociação dos tratados comerciais, entre outros.
4 – Governo Trump
Ao assumir a presidência do governo dos Estados Unidos em 2017, Donald Trump, anunciou medidas bem polêmicas, principalmente relacionadas aos imigrantes. A cada passo dado, parece que a impopularidade do presidente aumenta. Uma das medidas que mais chamou a atenção, sendo capa de muitas publicações, foi a aplicação uma lei dos anos 50, em junho de 2018, que previa que filhos de imigrantes sem documentos poderiam ser separados de seus pais. Na política externa, por sua vez, Trump também tem colecionado uma série de contestações. Ele retirou o país do Tratado do Pacífico, alegando que não havia vantagens e anunciou a saída dos Estados Unidos da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), prevista para 2020.
5 – Meio Ambiente
Os domínios ambientais, a relação do ser humano com o meio ambiente e as causas e consequências do efeito estufa, são temas que podem ser solicitados em diversas matérias do Enem, como Geografia, Ciências e até mesmo em Redação. Segundo o professor do Curso Poliedro, o estudante deve estar atento principalmente aos problemas causados pela ação humana, como a poluição.
6 – Política no Brasil
Com as eleições no Brasil, aponta Pereira, outra possibilidade é que o Enem tenha alguma questão relacionada à política, seus conceitos, cidadania e os diretos da população.

Fonte: Assessoria. 

Comentários

Minha Sintonia aprecio como sempre todos os seus escritos.A imagem inserida neste informativo artigo inspira-me postar:
Planeta Terra [Reflexão ]
Nascemos,vivemos e passaremos...
As recordações ficarão!
Durante a trajetória da vida
reeditamo-nos através dos nossos descendentes.
O milagre natural acontece:
- perpetuamo-nos pelas sementes humanas geradas neste plano tridimensional.
Autor: Luiz Augusto da Silva
Homenagem para toda a humanidade.
Espero que você goste.
Deus lhe abençoe e ilumine sempre!
A sua Estrela é brilhante.☆☆☆
Fernanda Valente disse…
Como sempre brilhante, você é suas poesias. Além da sensibilidade com o universo e humanidade. Obrigada!

Postagens mais visitadas deste blog

Enfeites de Natal em potes, vasos e garrafas de vidro

Pra quem ama artesanato e enfeitar a casa para o Natal, a hora é agora. Deixo abaixo algumas dicas para fazer com taças, garrafas, potes e vasos de vidro: 


















Roberto Carlos, O contador de Histórias

Fernanda Santiago
O contador de Histórias – Se você ainda não assistiu ao filme, recomendo que coloque na sua lista. Sabe aquelas histórias envolventes e reflexivas? Será que vale a pena investir numa pessoa que todo mundo diz que não tem jeito? Esta história verídica diz que sim. O filme conta a história de Roberto Carlos, um menino que teve sua primeira infância na Febem, devido a ignorância da sua mãe, mostrando o que a falta de educação e instrução faz com a sociedade. Para o sistema, Roberto Carlos era mais um “delinquente”, mas a condição de vida dele começou a mudar quando surgiu na Feben, uma educadora francesa que assumiu um papel maravilhoso na sua vida: o aceitou, o educou, o instruiu e acima de tudo, ensinou na prática que o amor é um longo exercício de paciência. Faz tempo que assisti ao filme, mas recentemente encontrei uma palestra do próprio Roberto Carlos no YouTube. Fiquei encantada. Hoje, é ele quem assume o papel de educador. Além disso, ele faz com outras crianças o…

Resenha: Contos de enganar a morte , de Ricardo Azevedo, 1ª edição - 2003.

Por Thiago Grass
Pode-se dizer que o folclore é uma força em constante movimento, uma fala, um símbolo, uma linguagem que o uso torna coletiva. Por meio dele, as pessoas dizem e querem dizer. E a dica de leitura bebe justamente dessa fonte da cultura popular. No livro “Contos de enganar a morte”, o escritor Ricardo Azevedo explora esse tema tão delicado de forma leve e criativa. O próprio autor menciona na obra:
Trata-se de um grave erro considerar a morte um assunto proibido ou inadequado para crianças. Heróis nacionais como Ayrton Senna, presidentes da república e políticos importantes, artistas populares, parentes, amigos, vizinhos e até animais domésticos infelizmente podem morrer e morrem mesmo. A morte é indisfarçável, implacável e faz parte da vida (AZEVEDO, 2003, p.58).
Portanto, o livro reúne quatro narrativas sobre a “hora de abotoar o paletó”, “entregar a rapadura”, “bater as botas”, “esticar as canelas”. Nesses contos, os personagens se defrontam com a morte, contudo, ninguém …