Pular para o conteúdo principal

Cinco lugares chilenos que são encantadores

Para quem gosta de frio, separei alguns lugares que vale a pena visitar, principalmente para quem pensa em curtir o inverno do Chile.


Esqui e Snowboard em Santiago

Neve nos Andes significa que é hora de começar a esquiar. As estâncias de esqui de Santiago são conhecidas por apresentar todas as mesmas facilidades que você esperaria de mais alto perfil de esqui na Europa ou na América do Norte, mantendo ao mesmo tempo uma sensação de deserto e liberdade nas pistas. Vale para os iniciantes e para os que já estão acostumados a praticar a aventura.




Viva a atmosfera no Chile Lake District

O Inverno no Chile Lake District é uma boa desculpa para se aconchegar ao lado de uma lareira, tomando uma taça de vinho chileno.  Além disso, a ideia de esquiar ao lado de um vulcão, é a maior aventura de inverno.




Cavalgar na Patagônia

A Patagônia como um todo tem mais de 1.043.076 quilômetros quadrados, por isso, há uma margem enorme para a variação nas condições de tempo e terreno. Embora muitas das montanhas estejam fora dos limites, as planícies emblemáticas da Patagônia são muitas vezes mais amigável no inverno do que durante os meses de verão, quando os ventos fortes da região estão muito mais feroz. Passear a cavalo na Patagônia no inverno sobre estas planícies infinitas significa que você não vai fritar no sol do meio-dia, deixando-o livre para desfrutar da paisagem de inverno espetacular.

Explore o deserto de Atacama

Embora o Deserto de Atacama não seja particularmente quente. É possível a visita em qualquer época do ano. Durante os meses de inverno, você também vai evitar o fenômeno "boliviano Inverno", que ocorre durante o verão, onde vigorosas nuvens de tempestade trazem chuvas em todo o planalto andino. No inverno é possível ver pássaros migrando de áreas mais ao sul através do deserto de Atacama, tornando este um grande momento do ano para apreciar a flora e fauna naturais de terras altas do Chile.

Caminhadas de um dia em Torres del  Paine

O parque nacional de Torres del Paine na Patagônia chilena é conhecido como a principal atração para os caminhantes e trekkers de todo o mundo. Eles vêm de longe para desfrutar  vários dias de trilhas para caminhadas, como o W Trek e o Circuito Torres del Paine. No entanto, no inverno, muitos percursos pedestres tornam-se inacessíveis devido à neve e condições meteorológicas extremas. A vantagem do inverno é que há muitas rotas que podem ser abordadas como caminhadas de um dia. Longe das multidões de verão, você terá o parque só para você, apreciando uma paisagem incrível.

Para informações sobre destinos e reservas, acesse o site ‘Visit Chile’: http://migre.me/nq6rk.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os benefícios da caminhada

Fernanda Santiago
Existem inúmeras atividades físicas, mas a caminhada tem a menor taxa de abandono de todos eles. É simples e a mudança positiva que você pode fazer para efetivamente melhorar sua saúde cardíaca. Praticar a caminhada por pelo menos 30 minutos por dia pode ajudá-lo: Reduzir o risco de doença cardíaca coronáriaMelhorar a pressão arterial e os níveis de açúcar no sangueMelhorar o perfil lipídico no sangueManter o peso corporal e diminuir o risco de obesidadeMelhorar o bem estar mentalReduzir o risco de osteoporoseReduzir o risco de câncer de mama e de cólonReduzir o risco de não insulino-dependente (tipo 2) diabetes

São muitos benefícios para uma atividade tão simples. Se você mora perto da praia, melhor ainda. Se não tem uma praia próxima, procure um parque.  Caminhe, respire fundo e aprecie tudo ao redor. O corpo agradece!

Terminou a folia!

Terminou a folia;  não tirei a fantasia;  só transmito alegria; nada de melancolia. Sou Palhaço! Meus nervos são de aço. com meus versos,  meus sentimentos disfarço.  Sou Palhaço! Com nariz avermelhado; sapato pontiagudo; roupa colorida: No picadeiro,  a platéia alegro;  não iludo - convenço. Assim, conduzo a vida sem perder o compasso... Sou Palhaço! Sou Palhaço! 
13/02/2018 Luiz Augusto da Silva Olimpia - São Paulo

A tradicional sopa de cebola francesa

Fernanda Santiago Valente Quem é que não gosta de uma sopa no tempo frio? Aqui no Brasil, muitos recomendam a sopa de cebola para quem está com dor de garganta ou gripado. Eu vou além. Amo todos os tipos de cremes e sopas, mas a de cebola tem um sabor especial. A sopa tradicional da cozinha parisiense merece toda a atenção.Algumas lendas da França afirmam que a sopa de cebola foi inventada por Louis XV, quando passavam por uma crise. Ele só tinha cebolas, manteiga e champanhe como alimentos, assim como toda a população de baixa renda. A receita ganhou novos temperos ao decorrer dos anos e conseguiu conquistar todo o mundo, principalmente nós brasileiros, pois amamos nos deliciar com uma sopinha nos períodos frios, não é mesmo? Ainda nas tradições parisienses, a sopa serve para alimentar também as emoções do dia do tão sonhado casamento. Eles tem o hábito de consumir a sopa após a festa. Isso se repete também em grandes eventos. Se por acaso acordarem de ressaca, também consomem a sopa,…