Pular para o conteúdo principal

Equilibre os pontos

Fernanda Valente


Você já se arrependeu por algo que pensou, falou ou desistiu? Eu já! Na vida, sempre existem vários caminhos e dois pontos de ação: o positivo e o negativo. O primeiro ponto é o que nos trás entusiasmo e coragem para realizar algo. O segundo é a dificuldade que enfrentamos para almejar aquilo que queremos. Mas qual é a diferença desses pontos?
Dizer que estamos todo o momento com o pensamento positivo é mentira, o problema é quando ele passa a dominar as nossas vidas. São aqueles pensamentos: Não vai dar certo. Não vou conseguir. É muita coisa pra mim. Não gosto mais disso. Não entendo isso. Vou parar. E logo, sem percebermos, lá se foi todo o nosso entusiasmo ao abismo e nos transformamos numa pessoa derrotada.
Só que viver só de entusiasmo também não nos leva a nada, pois somos vistos como os próprios bobos da corte. Às vezes numa empresa, num projeto, num ambiente social ou até mesmo no meio familiar você é o único que acredita, os outros, não estão nem aí. E você, fica todo preocupado em chamar a atenção daqueles que estão em sua volta para que venham a se entusiasmar junto com você.
Mas não é assim que acontece. Cada pessoa tem um ritmo e qualidade diferente. Isso não significa que você não atrairá pessoas para sonharem e realizarem algo junto com você, mas terá que tomar o primeiro passo, pois as pessoas, infelizmente, precisam ver para crer. Tomé precisou tocar nas mãos de Jesus para crer no que era praticamente impossível: ressuscitar. Lógico que também existem aqueles que crêem sem precisar tocar ou ver. É aquele sonho ou projeto que nasceu dentro do nosso coração, não enxergamos no momento, mas conseguimos sentir que será realizado. Igual a Deus. Não o vejo, mas acredito. Sinto.
É esta força que arranca da nossa vida o ponto negativo e nos trás equilíbrio. É a força que não nos deixa caídos depois de um tropeço. É a voz do céu que diz: Não pare! Você vencerá!
Se algo não deu certo em sua vida porque os sentimentos e palavras negativas invadiram a sua vida, ou porque perdeu o foco, jamais sinta vergonha de recomeçar. Volte ao ponto de partida: o positivo. Aquele sonho, aquela conquista que bate aceleradamente em teu coração. Não tenha medo. Não sinta vergonha se de repente precisar recomeçar servindo um café dentro daquele ambiente que você almeja estar. Lembre-se sempre que José serviu numa prisão e se tornou um príncipe. E qual é a diferença disso entre mim e você? Nenhuma! Por isso, dê o primeiro passo, sem deixar de acreditar no grande projeto, nas metas que estão adiante de você. Saia semeando, pois quando você menos imaginar, os teus sonhos estarão diante de ti. Nunca esqueça que ninguém poderá realizar aquilo que Deus deu pra você. Assim como José, acredite, e seja humilde como ele na hora da conquista.

“Porque, assim como descem a chuva e a neve dos céus e para lá não tornam, sem que primeiro reguem a terra, e a fecundem, e a façam brotar, para dar semente ao semeador e pão ao que come, assim será a palavra que sair da minha boca: não voltará pra mim vazia, mas fará o que me apraz e prosperará naquilo que designei”
Isaias 55. 10-11

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enfeites de Natal em potes, vasos e garrafas de vidro

Pra quem ama artesanato e enfeitar a casa para o Natal, a hora é agora. Deixo abaixo algumas dicas para fazer com taças, garrafas, potes e vasos de vidro: 


















TDAH: uma forma diferente de ver o mundo

Fernanda Santiago
O TDAH é um transtorno que inclui dificuldade de atenção, hiperatividade e impulsividade. Em geral, os sintomas começam na infância e podem persistir na vida adulta. Por ser um transtorno com característica genética, não tem cura. Porém, antes de rotular qualquer TDAH são pessoas que possuem inteligência e habilidades como as outras.  Achei este vídeo abaixo muito interessante. É muito difícil impor um padrão para o TDAH. Para os educares, seria muito bom prestar atenção na maneira que eles tentam se comunicar. O menininho do vídeo mostra grande interesse pela música. Será que os pais e os educadores estão preparados para perceber as habilidades e o interesse dessas crianças? Vale a pena conferir! Além disso, também há tratamentos através de medicamentos e da psicoterapia. 

Atypical, o que você precisa saber sobre o autismo

Fernanda Santiago Valente Você quer saber um pouco mais como é a vida de um garoto com o transtorno do espectro autista que está entrando na vida adulta? Para isso vale a pena assistir a série Atypical que está na Netflix desde o começo do mês de agosto. Não tem como não se apaixonar pelo personagem Sam, que está na fase de descobertas e quer arranjar uma namorada. É nessa busca pela paixão que se desenrola a história. Vamos entender como funciona a sua personalidade e como a situação afeta aqueles que estão ao seu redor. Algo muito interessante a se observar é a relação dele com a psicóloga. Sam se apaixona por ela. Isso é muito comum acontecer com paciente e profissional de sexos opostos, geralmente os pacientes que tem algum tipo de transtorno sempre se apaixonam por seus psicólogos.


Sam, apresentando os sintomas mais nítidos do espectro autista é um adolescente que tem sentimentos como qualquer outro. A única diferença é que seus sentimentos não são interpretados de forma comum. O ro…