Pular para o conteúdo principal

Porque toda criança tem direito à educação


Por Fernanda Santiago

Conheci hoje o Projeto Aluno Presente, um trabalho de ação social muito lindo desenvolvido na cidade do Rio de Janeiro. O Aluno Presente atua na identificação, localização e inserção de crianças e adolescentes, entre 6 e 14 anos, que estão fora da escola ou em risco de evasão escolar no município. É a primeira cidade do país a desenvolver um projeto de busca ativa para enfrentar o problema da criança fora da escola – desde outubro de 2013 até dezembro de 2016, o projeto identificou 23.753 crianças e adolescentes, naquela faixa etária, que estavam fora da escola, e reinseriu 22.131 delas em unidades escolares. A meta geral do projeto tinha sido estabelecida em, até o final de 2016, inserir 21 mil crianças e adolescentes na rede municipal de ensino. 
Adorei a complexidade do Projeto que faz um trabalho juntamente com a família da criança, resgatando valores, potencialidades e plantando sonhos na cabeça das crianças. Um projeto desse precisa urgentemente ser abraçado e realizado em todas as cidades brasileiras. A educação é apenas um direito básico e creio que poderá ser estendido. 
Conheça todo o trabalho neste vídeo institucional do projeto:
Conheça a vida e o trabalho de uma das articuladoras: 
Obs: As informações foram retiradas do site: http://www.alunopresente.org.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enfeites de Natal em potes, vasos e garrafas de vidro

Pra quem ama artesanato e enfeitar a casa para o Natal, a hora é agora. Deixo abaixo algumas dicas para fazer com taças, garrafas, potes e vasos de vidro: 


















Poema da Maturidade

Por Luiz Augusto
Ser poeta! É ser romântico. É ser lírico. É estado de espírito. É versificar! É deixar sua alma falar através de um simples olhar. É aprender as lições ensinadas pela vida, repleta de emoções. É a Deus agradecer; pois é Ele que inspira ao poeta a escrever. Ser poeta é no firmamento encontrar a constelação da virtude na galáxia da plenitude, que ofusca a falsidade para a realidade brilhar. Que nubla a violência e faz a existência reinar. É projetar no horizonte da liberdade a igualdade com a luz da fraternidade. É refletir na pujante mocidade centelhas de tenacidade e lampejos de prosperidade. É, com bondade no coração praticar e ensinar a perdoar, gerando espaços para o amor habitar. É reluzir com altruísmo e aos idosos acariciar para que, radiantes de alegria, cheguem a sorrir...chorar... É faze-los enxergar que as rugas esculpidas e delineadas pelo tempo; que os cabelos brancos ou cinzentos não retratam o envelhecimento. Sim; maior discernimento. É com maestria edif…

Dez Comportamentos que destroem os melhores casamentos

Por Fernanda Santiago
Casamentos que parecem não ter mais jeito, onde os cônjuges não se respeitam e até que abusam fisicamente um do outro são assuntos abordados no livro Castelo de Cartas, de Gary Chapman. Autor de outros livros como “As cinco linguagens do amor”, “Agora você está falando a minha linguagem“, “A essência das cinco linguagens do amor”, entre outros... Gary explica em Castelo de Cartas as experiências de casais que estavam com os seus casamentos totalmente destruídos pela falta de comunicação, falta de tempo e principalmente falta de respeito, mas que através de conselho e análise pastoral na vida de cada um, pode descobrir o problema e ajudá-los a serem felizes, e principalmente, restaurados pela mudança. O livro relata em todo o momento que devemos abandonar os mitos, aqueles que dizem que o ambiente determina o nosso estado mental. Um exemplo, será que eu não terei jeito se nasci num ambiente violento, ou o qual meus pais fumavam, me abusaram ou me rejeitaram? Ao cont…