Pular para o conteúdo principal

Não negligencie a sua saúde

Fernanda Santiago Valente

 Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?
1 Coríntios 6:19

O nosso corpo é tempo do Espírito Santo e de que forma estamos cuidando do nosso corpo? Existem três assuntos para falarmos quando se trata de corpo: o físico, o emocional e a maneira de se relacionar com o outro. Uma vida sadia agrada a Deus. Devemos adorar o corpo ou o templo?
Atualmente, vivemos períodos em que as pessoas dão muita importância para a aparência física. Algumas pessoas passam horas do dia lutando para ter um corpo escultural e definido. Isso não é adorar o templo, mas sim o corpo. Deus quer que cuidemos da nossa aparência física, mas com moderação. De que forma você tem se alimentado? Qual foi a última vez que fez os seus exames de rotina? Tem feito exercícios físicos? Tudo sem exagero é uma forma de cuidar do templo, para assim o Espírito Santo fazer morada.
Só que não é só isso. Outra maneira de negligenciar a saúde é não cuidar das nossas emoções. O que tem te afetado? A ira, o ciúme, a inveja, a falta de fé, os pensamentos negativos e destrutivos? As emoções podem também destruir o templo. Como o Espírito Santo pode fazer morada num corpo repleto de sentimentos ruins? Temos que eliminar os sentimentos que nos afetam, orando mais, lendo um bom livro, conhecendo novas pessoas...

Você sabia que cultivar relacionamentos que nos levam para Deus tem o poder de eliminar sentimentos que nos atrapalham. Deus nos criou para se relacionar com o outro. Podemos sim nos decepcionar várias vezes com as pessoas, mas como cristãos, obedecer a voz do perdão, simplesmente porque o morador do nosso templo é o Espírito Santo: aquele que nos conduz, guia e ilumina o nosso dia com sabedoria!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dois filmes sobre deficiência física para assistir no dia dos namorados

Por Fernanda Valente
Trago hoje dois filmes para reflexão. Como eu era antes de você é um filme que mexe com as nossas emoções. Porém, foge de toda a ideia que tratamos sobre a inclusão. Penso que o personagem na história, Will, que é tetraplégico joga fora tudo o que estamos vendo como evolução nos dias de hoje. A deficiência física é tratada como um caos, como algo sem solução, sem esperança, sem fé... É jogar fora todo o amor de Louisa. Veja o filme e entenda a minha frustração.



Já o filme Ferrugem e Osso, que também trata de um romance mostra uma construção rica e verdadeira de uma pessoa que adquire a deficiência física após um acidente. Vai mostrar a depressão, a adaptação, aceitação e novas possibilidades de vida. Não acabou. Há possibilidades. Há vida!



Feliz dia dos Namorados! Deixo abaixo uma linda poesia pessoal do meu amigo poeta Luiz Augusto que fala sobre construção familiar. 

O Cravo e a Rosa

Ainda um jovem cravo Uma rosa encontrei Com pétalas aveludadas Por ela me encantei
No j…

ORAÇÃO PELA PÁTRIA

Por Luiz Augusto da Silva
Querido povo brasileiro, só mesmo a oração e a bondade  divinal poderá  moralizar a crise política nacional e dar ao Brasil proteção total! Oremos: Senhor faça o gigante pela  própria natureza,  adormecido em berço esplêndido,  despertar deste atual pesadelo.  Ilumina aos nossos  representantes  para que tenham pela  nossa nação  mais respeito e maior zelo.  Façamos à Deus nosso apelo para sairmos   deste cruel desmantelo. Senhor, livrai-nos do homem corruptor  e das garras do leão devorador.  Faça o povo brasileiro ordeiro  e livre do jugo estrangeiro . Amém!
Uma reflexão para o atual momento!

0 beija-flor e a rosa

Uma rosa muito linda
Num jardim a enfeitar
Romântico beija-flor
Surge a lhe cortejar:
Do nectar suga a doçura
Da rosa prosa...dengosa.
O pássaro fica encantado
Que cena maravilhosa.
A rosa conquistada
Com a nobre cortesia
Espera com alegria
Que ele volte um dia.
Inicia-se um romance
Romance sem interesse
Que todo namoro fosse
Fosse assim como esse.
Um novo dia surgiu
Depois que ele partiu
Retornou apaixonado
E com a rosa se uniu.

Autor: Luiz Augusto da Silva
Livro: O arco-íris das poesias
Local: Olímpia - SP - Brasil
Edição:2008 (modificado)