Pular para o conteúdo principal

Só Deus pode ser a sua segurança

Fernanda Santiago Valente

O perfeito amor expulsa o medo (1 João 4.18)
É Deus quem nos guia, nos consola. Entre as pessoas e situações jamais estaremos seguros. Tem gente que busca segurança em relacionamentos, profissões, amizades, empregos, mas esquecem que nada disso nos mantém seguros. Quando perdemos alguém que amamos, quando nos decepcionamos com alguma amizade, quando perdemos o nosso emprego, nossa primeira tendência é ficarmos desesperados e em alguns casos, com medo. Isso é natural. Só que não devemos nos esmorecer como se fosse o fim de tudo.
O tempo de tristeza faz parte, mas temos que olhar para frente. Cada dor, cada lágrima serve para nos fortalecer perante a vida, por mais difícil que seja. Já passei por muitas perdas de pessoas que eu amava porque o tempo delas terminaram aqui nesta Terra, já perdi empresa, já fracassei profissionalmente. No entanto, nada disso é o fim. Todos os motivos de dores nos levam para recomeços. Podemos até sentir medo, mas se segurarmos nas mãos do Deus poderoso, sentiremos que o seu colo é o que nos mantém seguros. Ninguém mais nos dará a segurança que precisamos.
Quando deixamos o Espírito Santo nos conduzir, expulsamos então o medo, a dúvida, e tudo aquilo que de alguma forma nos deixa paralisados. Deus nos ama e nos convida a orar pelas pessoas que amamos, orar pelos nossos propósitos de vida, a consagrar cada área da nossa vida. Precisamos nos esvaziar de tudo o que nos faz mal e então, no encher de amor, fé e esperança. Com Deus conduzindo nossas vidas, estamos totalmente seguros.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dois filmes sobre deficiência física para assistir no dia dos namorados

Por Fernanda Valente
Trago hoje dois filmes para reflexão. Como eu era antes de você é um filme que mexe com as nossas emoções. Porém, foge de toda a ideia que tratamos sobre a inclusão. Penso que o personagem na história, Will, que é tetraplégico joga fora tudo o que estamos vendo como evolução nos dias de hoje. A deficiência física é tratada como um caos, como algo sem solução, sem esperança, sem fé... É jogar fora todo o amor de Louisa. Veja o filme e entenda a minha frustração.



Já o filme Ferrugem e Osso, que também trata de um romance mostra uma construção rica e verdadeira de uma pessoa que adquire a deficiência física após um acidente. Vai mostrar a depressão, a adaptação, aceitação e novas possibilidades de vida. Não acabou. Há possibilidades. Há vida!



Feliz dia dos Namorados! Deixo abaixo uma linda poesia pessoal do meu amigo poeta Luiz Augusto que fala sobre construção familiar. 

O Cravo e a Rosa

Ainda um jovem cravo Uma rosa encontrei Com pétalas aveludadas Por ela me encantei
No j…

ORAÇÃO PELA PÁTRIA

Por Luiz Augusto da Silva
Querido povo brasileiro, só mesmo a oração e a bondade  divinal poderá  moralizar a crise política nacional e dar ao Brasil proteção total! Oremos: Senhor faça o gigante pela  própria natureza,  adormecido em berço esplêndido,  despertar deste atual pesadelo.  Ilumina aos nossos  representantes  para que tenham pela  nossa nação  mais respeito e maior zelo.  Façamos à Deus nosso apelo para sairmos   deste cruel desmantelo. Senhor, livrai-nos do homem corruptor  e das garras do leão devorador.  Faça o povo brasileiro ordeiro  e livre do jugo estrangeiro . Amém!
Uma reflexão para o atual momento!

0 beija-flor e a rosa

Uma rosa muito linda
Num jardim a enfeitar
Romântico beija-flor
Surge a lhe cortejar:
Do nectar suga a doçura
Da rosa prosa...dengosa.
O pássaro fica encantado
Que cena maravilhosa.
A rosa conquistada
Com a nobre cortesia
Espera com alegria
Que ele volte um dia.
Inicia-se um romance
Romance sem interesse
Que todo namoro fosse
Fosse assim como esse.
Um novo dia surgiu
Depois que ele partiu
Retornou apaixonado
E com a rosa se uniu.

Autor: Luiz Augusto da Silva
Livro: O arco-íris das poesias
Local: Olímpia - SP - Brasil
Edição:2008 (modificado)